O novo Renault Duster só chegará ao mercado brasileiro em 2019. Como publicamos no dia 2 de setembro, o desenvolvimento do SUV está atrasado no Brasil. O novo Duster aparecerá no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018. O leitor argentino Andrés Conde Blanco fez sua versão de como será o visual do modelo.

Projeto HJD

Por enquanto, o SUV é chamado de Projeto HJD. Apesar da grande mudança visual, o novo Renault Duster manteve a plataforma B0.

Visual

Por manter a mesma plataforma, as linhas da carroceria lembram as do modelos atual. Porém, o SUV ganhou uma linha de cintura mais alta e laterais mais vincadas. Já os para-lamas estão mais destacados.

Na dianteira, o capô está mais redondo e os faróis mais estreitos. Ja a traseira perde as lanternas verticais e passam a ter formato mais quadrado. A tampa do porta-malas também ganhou novo desenho.

Motor

Quando chegar ao mercado nacional, o Renault Duster terá os motores 1.6 SCe com opções de câmbio manual e automático do tipo CVT. O motor 2.0 e o antiquado câmbio de quatro marchas serão descontinuados. A marca desenvolve um novo motor 1.3 12v TCe turbo como antecipamos em julho. O novo terá injeção direta de combustível e de acordo com o apurado por nossa reportagem o propulsor terá potência na casa dos 170 cv.

Projeção | Andrés Conde Blanco