Como já é de praxe, o Grupo Hyundai-CAOA começa a vender suas novidades sem uma apresentação oficial. Nesta quarta-feira, a empresa anunciou a chegada do Elantra 2.0 em material publicitário veiculado em um jornal de Minas Gerais.  Bem ao estilo exagerado da empresa, a propaganda diz que o sedã oferece “o máximo em conforto e segurança” e dispõe “do melhor da tecnologia”. A informação está sendo revelada em primeira mão pelo Autos Segredos.

Ligamos para algumas concessionárias e descobrimos que o Elantra 2.0 está mesmo sendo oferecido em esquema de pré-venda, embora ainda não existam unidades nos showrooms. Um vendedor chegou a afirmar que já há veículos em estoque no pátio de Anápolis, GO, e prometeu que a entrega ocorrerá dentro de 30 dias. O rapaz nos disse ainda que o modelo não terá alterações na lista de equipamentos.  A novidade realmente ficará por conta do motor de maior deslocamento.

Na última edição do Salão do Automóvel de São Paulo, a Hyundai mostrou o Elantra 2.0. O sedã, contudo, continuou sendo comercializado com o motor 1.8 e inclusive recebeu alguns equipamentos adicionais (veja aqui).  A lista de itens de série passou a incluir sistema multimídia com tela integrada ao painel, leitores de CD e DVD, conexões Bluetooth e para iPod, entradas USB e auxiliar, localizador GPS e câmera de ré.

No Brasil, o propulsor menor tem 160 cv declarados, embora em outros países a potência informada seja de 148 cv, sem que sejam empregadas alterações técnicas, o que levanta suspeitas sobre o importador. Já com bloco maior, a empresa parece ter sido mais transparente: uma versão esportiva do hatch i30, denominada SR e apresentada no último mês de outubro no Salão de Sidney, na Austrália, que emprega a mesma mecânica, tem 176 cv, valor que bate com os 178 cv informados aqui (a pequena diferença pode ser atribuída ao sistema flex).

O motor mais potente, contudo, não sairá de graça para o consumidor. Com ele, o sedã ficará (ainda) mais caro. Embora a Hyundai-Caoa não tenha revelado a tabela oficial à imprensa, as concessionárias trabalham com valores salgados. São cobrados R$ 96.300 para a versão sem teto solar. Com o equipamento,  o preço vai para  R$ 99.800.

Curiosamente, apesar de já estarmos em abril, o primeiro lote de Elantra 2.0 a chegar às lojas ainda é 2012/2013. Outra vendedora com a qual conversamos garantiu que a chegada do propulsor de maior cilindrada não tirará a versão 1.8 do mercado, mas ainda é cedo para saber  se tal afirmação é verdadeira. Afinal, é comum que as montadoras neguem o fim de um determinado modelo até o último momento, para evitar queda nas vendas. Nas duas motorizações, o câmbio é automático de seis velocidades.

Fotos | Hyundai/Reprodução