novo-honda-fit-brasil-01Sempre atentos, nossos leitores já flagraram o novo Honda Fit por diversas vezes em São Paulo desde o final de 2013. Agora, a cerca de um mês de seu lançamento, a terceira geração do monovolume ensaia sua estreia com ação de marketing que começa no próximo final de semana. A Honda já divulga a ação nas redes sociais mostrando pedaços da versão brasileira do Fit com a pergunta: “Quer saber como é o novo Honda Fit?”.

novo-honda-fit-brasil-02As imagens entregam detalhes da versão EX do modelo em sua cor de lançamento, azul netuno. Percebe-se que por aqui o Honda Fit usará grade diferente, cromada e com detalhe preto no centro, mais parecida com a do Civic, e não a peça cinza usada no resto do mundo.

A promoção consiste de um convite (veja aqui) para conhecer a nova geração de forma virtual em qualquer concessionária Honda a partir do dia 05 de abril. Quem comparecer será cadastrado para  concorrer ao sorteio de duas unidades do Novo Fit. E é a especificação do prêmio no regulamento que nos interessa.

novo-honda-fit-brasil-03O regulamento entrega a configuração da unidade EX: Automóvel Honda FIT EX 0 KM; Hatchback 5p; motor gasolina/álcool, 1496 CC, 115 cv (gas), 116 cv (álcool), 4 cilindros VTEC 16V, INJ. PGM-FI; câmbio CVT, direção elétrica, ar condicionado manual, air-bag duplo lateral, rádio CD AM/FM ST, roda de alumínio, freios ABS, faróis de neblina, vidros verdes, alarme, sistema imobilizador, controle de cruzeiro, bancos de couro, acionamento elétrico dos vidros e travas e espelhos, luz int. ind; Cor: Azul Netuno (código da cor: B593M).

honda_fit_hybrid_2O valor sugerido é de R$ 63.590, exatamente o mesmo valor da versão EX da atual geração, mas certamente haverá alteração nos preços, ainda que pequena. Informantes apontam que o Fit atual já se encontra no paramar máximo de preço, variando entre R$ 49.900 e R$ 63.590. Com a volta da versão topo de linha EXL, seu preço máximo se aproximará dos R$ 70 mil.

Com a volta do Fit EXL o EX sofrerá com algumas faltas, a do ar-condicionado digital. A versão básica, CX, perde o sensor de estacionamento e os bancos traseiros escamoteáveis (algo que todo dono de Fit adora). Todas as versões perderam o tecido aveludado nos bancos, que passam a ter um material mais simples.

honda_fit_3O câmbio CVT está de volta para substituir a caixa automática de cinco velocidades que trabalha em conjunto com o motor 1.5 de 116 cavalos, e isso pode animar os fãs do sistema e certamente melhorará o consumo do monovolume. O motor 1.4 de 101 cv será mantido sempre com câmbio manual.  Há ganho nas dimensões. Com 6 centímetros a mais no comprimento – somando 3,96 metros – e mais 8 cm no entre-eixos – 2,58 m no total, e porta-malas também favorecido, passando dos atuais 384 litros a mais de 400L.

honda_fit_us-spec_5Com informações de  Novidades Automotivas

Fotos | Honda/Divulgação