Como já escrevi aqui em outras ocasiões a prioridade da Fiat são os projetos dos hatchs compactos 326 e 327. Entretanto, o fabricante também trabalha na reestilização do Idea e na fabricação do Bravo. O próprio presidente da Fiat Cledorvino Belini já afirmou que em 2010, a empresa terá 20 lançamentos. Porém, somente Bravo e 327 serão carros totalmente novos, os demais serão reestilizações e versões dos modelos já produzidos. O hatch 326 deverá chegar somente em 2011.

Para o 326 e o 327 a linha de produção será totalmente nova e a mais moderna na planta de Betim (MG). Aliás, a linha 4 mudará para dar espaço para as dos projetos 326 e 327, sendo que a linha 4 ainda passará por alterações para a produção do Bravo. O hatch-médio deverá chegar somente no segundo semestre como modelo 2011. Os propulsores serão o Tritec 1.6 16V e provalvemente 1.4 16V T-Jet. O padrão de acabamento será o mesmo do modelo europeu, sendo que o principal motivo para demora da sua chegada é exatamente a produção de componentes locais para sua nacionalização. Hoje 50% das peças teriam que ser importadas. Tão logo se resolva a produção de mais componentes locais o modelo deverá ter sua fabricação iniciada.

Fotos: Marlos Ney Vidal/Autos Segredos