Fim do mistério, o tal “novo” Fiat Linea que nossos amigos falaram que chegaria em novembro, nada mais é do que o atual reestilizado. Só não acredito que chegue em novembro, pois, o prazo é curto para os testes que mal começaram. O visual deverá seguir o do modelo turco reestilizado em 2012. Os primeiros protótipos já foram montados em Betim (MG) e logo ganharão as ruas para os testes de durabilidade e também para as minhas lentes.

As mudanças serão somente estéticas com novos para-choques dianteiros e traseiros, além do interior que seguirá as linhas do Punto ficando assim bem mais agradável. Na parte mecânica não haverá mudanças nos motores e câmbios, ou seja, o E.torQ .8 e caixas manual e automatizadas serão mantidas. Talvez, por ser só uma mudança de visual a marca estime que consiga lançar o “novo” Linea em novembro.

No Linea turco a dianteira, com a grade cromada dividida por duas linhas paralelas e para-choque com visual que tenta ser agressivo – mas termina que deixando o carro “queixudo” -, remete ao Fiat Viaggio, o Dodge Dart italiano radicado na China. Na traseira as alterações se deram por conta da placa, que saiu do para-choque para a tampa do porta-malas, o que implicou em alterações nas duas peças. Agora o para-choque traseiro possui lentes reflexivas nas extremidades, ligados por uma barra cromada. Abaixo há uma peça plástica que tenta simular um extrator.

O interior ficará mais sofisticado com a adoção do painel do Punto EVO – mas as portas não mudaram. Não apenas pelo visual, mas também por ter permitido a instalação de novas tecnológias, como um sistema Blue & Me atualizado com o software EcoDrive, que interpreta o modo de condução do motorista, disponível por aqui no 500. O sedã pode contar com equipamentos como seis airbags, ESP, ABS, ASR e sensores de chuva e estacionamento. (Com Henrique Rodriguez)

Fotos | Fiat/divulgação