Fiat Bravo nacional

Finalmente, os consumidores que esperavam a chegada do hatch médio Bravo que a Fiat apresentou na europa em 2007 poderão matar a vontade de comprar o modelo. O Bravo chega em três versões de acabamento e duas opções de motorização. As versões vem bem equipadas. Entretanto, a marca não colocou de série o sistema ABS na versão de entrada Essence, o equipamento é disponível a partir das versões Absolute. Os preços ainda não foram divulgados, mas, devem ser revelados hoje a noite no lançamento oficial. Entretanto, o release oficial já está disponível no site do fabricante (veja aqui). A garantia contratual será de dois anos e cinco anos para garantia de corrosão perfurante.

O desenvolvimento do Bravo começou em 2008, na época fiz o primeiro flagra do modelo que se preparava para rotina de testes do modelo. De acordo com a Fiat os profissionais da engenharia trabalharam cerca de 350.000 horas no Fiat Bravo. Ao todo foram construídos entre protótipos e pré-séries 140 veículos. Os testes e experimentações incluíram motor e câmbio, durabilidade, emissões, chassi, carroceria, elétrica e segurança. Como mero espectador posso dizer que acompanhei boa parte de seu desenvolvimento.

Fiat Bravo nacional

VERSÕES São três níveis de acabamento, duas motorizações, três tipos de câmbio. A versão Essence inclui como itens de série airbag duplo, ar-condicionado manual, direção elétrica com função “City”, roda em liga leve 16”, faróis de neblina com sistema cornering, freios a disco nas quatro rodas, piloto automático, rádio CD com MP3, espelhos retrovisores externos elétricos, Safe Lock, vidros elétricos dianteiros e traseiros com sistema one touch e antiesmagamento, volante com regulagem de altura e profundidade, tampa do reservatório de combustível com abertura elétrica, banco do motorista com regulagem de altura, para-sóis com espelho e iluminação, porta-luvas e porta-malas iluminados, banco traseiro bipartido 1/3 e 2/3, cinco apoios para cabeça com regulagem de altura, anteparo para motor e câmbio, ganchos para fixação de carga no porta-malas, chave com telecomando para vidros, travas e porta-malas, entre vários outros. Essa versão ainda tem a opção do câmbio dualogic.

Para ambas as versões Essence, a lista de opcionais inclui freios com ABS, ar condicionado automático Dual Temp®, som Hi-Fi com subwoofer, Blue&Me™ ou Blue&Me™ NAV + volante revestido em couro com comandos do rádio, teto solar elétrico Skydome, espelho retrovisor interno eletrocrômico, sensor crepuscular, sensor de chuva, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, rebatimento elétrico dos retrovisores externos, apoia-braço dianteiro com vão refrigerado, apoia-braço traseiro, além de bancos revestidos parcialmente em couro nas cores preta ou marrom. A versão Dualogic oferece, ainda, o comando do câmbio no volante, ou borboletas.

Já a versão Absolute. Tem os mesmos itens de série da versão Essence mais: ar condicionado automático Dual Temp®, Blue&Me, ABS nos freios, Night Design, sensor traseiro de estacionamento, volante em couro com comandos do rádio, apoia-braço dianteiro com vão refrigerado, além de apóia braço central banco passageiro, rodas de liga-leve 17”, maçanetas e guarnições abaixo dos vidros cromados, tapetes em carpete com bordado Absolute, mais tecidos e detalhes de acabamento exclusivos. Na versão Absolute com câmbio Dualogic o modelo tem ainda o comando do câmbio no volante.

As duas versões Absolute oferecem, como opcionais, teto solar elétrico Skydome, sensor de pressão dos pneus, som Hi-Fi com subwoofer, Blue&Me™ NAV, Rádio NAV™, sensores de estacionamento dianteiro, retrovisores externos com rebatimento elétrico, espelho interno eletrocrômico, sensores crepuscular e de chuva e bancos parcialmente revestidos em couro, mais os airbags: kneebag, sidebags e windowbags.

A versão esportiva T-Jet inclui de série todos os equipamentos presentes na versão Absolute, e ainda câmbio de 6 marchas, ESP (sistema de controle de estabilidade) + Hill Holder, rodas de liga-leve exclusivas 17”, botão Overbooster no painel, faróis dianteiros escurecidos, saída da descarga dupla cromada, volante, pinças de freio pintadas de vermelho – pela primeira vez na gama Fiat –, freio de mão e pomo da alavanca do câmbio em couro com costuras vermelhas, pedaleira e apoia-pé esportivos, spoiler, minissaia, além de diversos detalhes de acabamento que diferenciam a versão esportiva do novo hatchback.

Como opcionais a versão esportiva ainda conta com faróis de xenônio, sensor de pressão dos pneus, teto solar elétrico Skydome, Rádio NAV™, Blue&Me™ NAV, espelho interno eletrocrômico, sensores crepuscular e de chuva, som Hi-Fi com subwoofer, rodas em liga-leve 18” + pneus 225/40, bancos revestidos parcialmente em couro, mais os airbags: kneebag, sidebags e windowbags.

SUSPENSÃO O conjunto de suspensão do modelo foi desenvolvido para permitir que o carro rode com conforto, mas mantendo sempre a aderência das rodas, a estabilidade e a dirigibilidade. A suspensão dianteira do Fiat Bravo é independente, tipo MacPherson, com braços oscilantes em aço estampado ligados a uma travessa auxiliar, com barra estabilizadora. Os amortecedores hidráulicos telescópicos de duplo efeito completam o conjunto dianteiro.

Na traseira o Fiat Bravo possui suspensão com rodas semi-independentes, interconectadas por uma travessa de torção de seção aberta. Para a a versão T-Jet do Bravo, a engenharia da Fiat trabalhou a suspensão priorizando um comportamento bem mais esportivo. Um dos objetivos foi abaixar o centro de gravidade do veículo em 20 mm. Elas também foram reprojetadas para ter maior estabilidade em manobras sem perder o conforto.

SEGURANÇA O Fiat Bravo pode ser equipado com até sete airbags — dois frontais, dois laterais dianteiros, dois para a proteção das cabeças dos ocupantes, além de um para a proteção dos joelhos do motorista. O airbag frontal para motorista e passageiro é de série em todas as versões. Já o windowbags, sidebags e keneebag são opcionais em todas as versões. A marca escorregou ao colocar o ABS de série somente para as versões Absolute e Essence, deixando a item como opcional na Essence. O modelo ainda tem de série o sistema ISOFIX, gancho universal para fixação de cadeira infantil.

Fiat Bravo nacional

MOTORES O modelo chega com duas opções de motores a 1.8 16V E.torQ equipa as versões. O Essence e Absolute tem potência de 130cv (5.250rpm) com gasolina e 132cv (5.250rpm)  com etanol. Já o torque é 18,4Kgfm a 4.500rpm (gasolina) e 18,9 Kgfm/4.500 rpm (etanol). As duas versões ainda podem ser equipadas com o câmbio Dualogic. Já o outro propulsor é o 1.4 16V que tem potência de 152cv a 5.500rpm (gasolina) com torque de 21,1 Kgfm/2.250 a 4.500rpm (gasolina). Já com a tecla Overbooster acionada o torque sobe para 23,0Kgfm/3.000 rpm (gasolina). O câmbio para a T-Jet é manual de seis velocidades.

Fiat Bravo nacional

DESEMPENHO/CONSUMO Nas versões Essence e Absolute a velocidade máxima de 191km/h (gasolina) e 193km/h (etanol), sendo que para chegar até 100km/h o hatch leva 10,3s com gasolina e 9,9s com etanol. O consumo para as duas versões é de 11,3km/l com gasolina e 7,9km/l abastecido com etanol no ciclo urbano e na estrada 16,1km/l com gasolina e 11,2km/l com etanol. Na versão T-Jet o modelo tem velocidade máxima de 206km/h com gasolina e chega até 100km/h em 8,7s com gasolina.

MEDIDAS Comprimento do veículo, 4.336mm;largura do veículo, 1.792mm; altura do veículo (vazio) 1.508mm; distância entre-eixos, 2.602mm; bitola dianteira, 1.530mm; bitola traseira, 1.521mm;altura mínima do solo, 143mm; volume do porta-malas, 400 litros; tanque de combustível, 58 litros.

Fotos Studio Cerri/Fiat/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Confira todos os detalhes no site do Melhor Carro do Brasil: www.omelhorcarrodobrasil.com.br não deixe de participar, o resultado será divulgado no dia 15 de dezembro!