A Volkswagen Parati está relutante em sair de linha. Ainda que defasada e com preço nem um pouco atrativo (a partir de R$ 41.540, e o AR opcional custa R$ 4.810) a perua da geração anterior do Gol conseguiu ter 1236 unidades emplacadas neste ano. O que não é muito ruim se levar em consideração que ela só é vendida para frotistas e produtores rurais. Mas, pelo visto, a SpaceFox irá tomar seus compradores.

Como foi levantado pelo Notícias Automotivas, a versão básica do SpaceFox 2012 excluiu de sua lista de equipamentos de série o ar-condicionado e o trio elétrico. Assim, o preço preço inicial de R$ 48.790 caiu para R$ 44.290 nesta nova versão sem nome, simplesmente “1.6”.

No entanto, esta versão “pé-de-boi” tem como opcional o Kit 1, que , entre outros itens, inclui ar-condicionado e trio elétrico, por 4.180 reais. Resultado: uma economia de R$ 320,00 frente a versão Trend, o que é apreciável vindo de um VW. Mas a questão não é exatamente essa. O SpaceFox é um carro familiar, e hoje um carro com este propósito sem itens básicos como o ar-condicionado e trio elétrico não interessa ao consumidor comum… Mas aos frotistas sim!

Dependendo dos opcionais escolhidos e se for levado em consideração consumo, espaço, imagem e o preço do seguro, será mais vantagem para uma empresa adquirir uma SpaceFox. A Volkswagen parece estar reorganizando sua linha de modelos para produzir menos unidades da Parati em detrimento a perua derivada do Fox. Uma morte demorada e dolorosa para a Parati, que merecia receber imediatamente sua extrema-unção e ter seus aparelhos desligados – literalmente – para não deixar que o presente apague seu passado glorioso. Uma pena.

Para lembrar os bons tempos:
Fotos | Volkswagen/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter