A primeira onda chinesa no mercado nacional não chegou a empolgar os consumidores brasileiros. Os modelos da Effa e da CN Auto pouco fizeram para tentar acabar com a desconfiança dos consumidores diante dos produtos orientais. Entretanto, nesta segunda onda chinesa, a fabricante Chery parece ter condições de fazer um pouco mais de sucesso que conterrâneos. O fabricante irá comercializar quatro modelos no mercado nacional. O primeiro foi o utilitário-esportivo Tiggo que tem preços atraentes. Além dele o fabricante ainda comercializará o hatch médio A3 que no Brasil terá outro nome (por conta do modelo da Audi que já usa o nome de A3), e dois compactos que são o Face e o QQ. Por isso, sem saber qual será a reação do mercado com a chegada dos modelos, a Fiat testa nas estradas mineiras o compacto QQ para conhecer de perto as qualidades e defeitos do modelo. O pequeno chinês sai diariamente em testes pelo engenheiros de Betim conforme o flagra feito pelo Autos Segredos.

Fotos Marlos Ney Vidal/Autos Segredos