Novos motores GSE farão sua estreia no Uno, dos atuais modelos da Fiat em produção, somente o Mobi usará o novo propulsor

Fiat_uno_2017A Fiat já confirmou que o Uno 2017 fará a estreia dos novos motores 1.0 e 1.3 GSE em setembro. Como antecipamos no dia 14 deste mês, o Mobi será o segundo modelo a ganhar ainda em 2016 novas versões equipadas com o novo propulsor 1.0 GSE. Dos atuais modelos da marca em produção, somente os dois contarão com o novo motor.

Depois da dupla de compactos, somente os novos modelos derivados dos Projetos X6H (hatch), X6S (sedã) e X6P (picape) serão contemplados com a nova motorização.

Com a chegada do novo hatch derivado do X6H, Palio e Punto serão descontinuados em 2017. Como nossa reportagem antecipou no dia 4 deste mês, os projetos X6H e S serão Tipos abrasileirados.

Já o Grand Siena deverá sobreviver em 2017, já que o sedã X6S que será produzido na Argentina, deverá ter seu lançamento postergado para 2018 chegando junto com a nova geração da Strada (X6P). O sedã X6S será o substituto do Grand Siena.

Além do Palio, Palio Way e Grand Siena, a perua Weekend e a Strada não serão equipadas com os novos motores GSE.

Os propulsores 1.0 e 1.3 GSE foram antecipados com exclusividade pelo Autos Segredos em 6 de abril de 2015. Como publicamos na época todo motor GSE terá duas válvulas por cilindro. Sendo assim, o 1.0 de três cilindros terá seis válvulas e o 1.3 de quatro cilindros terá oito válvulas. Ambos os motores serão construídos em alumínio e terão comando por corrente. A marca já trabalha em variações turbo para os dois propulsores. Neste caso, o 1.0 passará ter doze válvulas e o 1.3 16 válvulas. Mas, os propulsores turbinados só chegarão ao mercado a partir de 2018.

O 1.0 terá potência na casa dos 80cv e o torque máximo na casa dos 10kgfm. Entretanto, a curva de torque do propulsor é maior em todas as faixas de rotação que alguns dos concorrentes diretos. A ideia é privilegiar o uso do consumidor comum, que dificilmente passa dos 3.500rpm no seu uso diário. Há menos perda de potência por atrito quando o motor trabalha em giros menores. Já o 1.3, terá potência na casa dos 104cv e torque por volta dos 14kgfm.

Foto | Fiat/Divulgação