O Chevrolet Cobalt virou mesmo figura fácil na Região Metropolitana de São Paulo, principalmente em São Caetano do Sul, onde está localizada uma das fábricas da Chevrolet no Brasil. O leitor Paulo Bassi, que já havia enviado ao Autos Segredos as fotos de um modelo branco (veja aqui), voltou a se deparar com o sedã, em um estacionamento. Ele não perdeu a oportunidade e registrou até o interior do veículo. Ao nosso internauta/paparazzo, deixamos novamente nossos agradecimentos.

O Cobalt já tem data de lançamento marcada: o evento de apresentação à imprensa ocorrerá no dia 4 de novembro. O Autos Segredos foi convidado e estará lá. O sedã será oferecido nas versões LS, LT e LTZ. A configuração básica deverá ter direção assistida e trio elétrico entre os itens de série, enquanto a intermediária acrescentará ar-condicionado e a top virá completa, com duplo airbag e freios ABS. O preço básico, provavelmente, ficará na faixa de R$ 38 mil.

A novidade será empurrada pelo propulsor 1.4 Econoflex, que gera 97 cv com gasolina e 102 cv com etano, acoplado a um câmbio manual. Cerca de seis meses depois do lançamento, o Cobalt receberá um motor 1.8. O mais cotado é o velho Powertrain, mas o Ecotec ainda não foi descartado. Junto com o bloco de maior cilindrada, será oferecido o câmbio automático.

O Cobalt é o primeiro Chevrolet nacional desenvolvido sobre a plataforma do Opel Corsa D. Assim sendo, espera-se que o sedã apresente evolução significativa em termos de  dirigibilidade. Outros futuros lançamentos da marca no país, como o jipinho conhecido como Mini-Captiva e as minivans PM5/PM7, utilizarão a mesma base.

Flagrou algum carro diferente, camuflado ou com placas verdes (ou tudo isso) ou tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail marlos.vidal@gmail.com.

Fotos | Paulo Bassi/Especial para o Autos Segredos

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter