Jag_XKSSA divisão Jaguar Classic irá produzir nove unidades do esportivo XKSS. O modelo foi prozudido em 1957 e é considerado o primeiro superesportivo do mundo. As unidades serão produzidas na fábric Browns Lane, na Inglaterra. O processo será todo manual seguindo as exatas especificações daquelas fabricadas em 1957. Segundo o fabricante as unidades irão ocupar o lugar dos modelos que se perderam durante o incêndio na fábrica de Browns Lane.

Jag_XKSS_2Os noves XKSS serão produzidos pela Jaguar Land Rover Classic, divisão responsável por oferecer peças e serviços para veículos clássicos das marcas britânicas em todo o mundo.

“O XKSS marca uma página muito especial na história da Jaguar e é um veículo muito cobiçado por colecionadores de todo o mundo devido à sua exclusividade e design inconfundível”, diz Tim Hannig, Diretor da divisão Jaguar Land Rover Classic

Foram produzidas apenas 16 unidades do XKSS em 1957. Os modelos seriam exportados para os Estados Unidos mas um incêndio na fábrica da marca em Browns Lane, em 1957 destruiu nove veículos que estavam praticamente prontos.

As unidades atuais serão destinadas a um grupo seleto de clientes e colecionadores. Os felizardos terão que desembolsar um milhão de libras esterlinas. Os noves XKSS serão entregues aos colecionadores em 2017.

De acordo com a Jaguar, a história do XKSS começou com as três vitórias consecutivas da Jaguar em Le Mans em 1955, 1956 e 1957 com o impressionante D-Type.

Jag_XKSS_1Depois do tricampeonato, em a 14 de janeiro de 1957, o fundador da Jaguar Sir Williams Lyons decidiu transformar os 25 veículos D-Type que já estavam produzidos para competição em versões de rua, com inúmeras adaptações externas. Nascia aí o XKSS, considerado o primeiro veículo superesportivo do mundo.

As adaptações para os modelos de rua incluiam um para-brisas mais alto, uma porta adicional no lado do passageiro, a retirada da divisão entre condutor e passageiro, bem como a supressão do famoso spoiler atrás do banco do condutor.

O XKSS é uma versão do Jaguar D-TYPE que foi três vezes campeão das 24 Horas de Le Mans, adaptada para as ruas. O esportivo é equipado com motor de 3.4 litros e seis cilindros em linha, que rende 250 cv de potência e 33,14 kgfm de torque. Já o câmbio é manual de quatro velocidades.

Fotos | Jaguar/Divulgação