O terremoto seguido de tsunami que atingiu o Japão no dia 11 de março afetou toda a produção industrial daquele país e os fabricantes de automóveis foram alguns dos mais atingidos. Agora, o desastre natural está gerando conseqüências também para as filiais da Toyota na América do Sul: cerca de 150 peças importadas da matiz asiática estão em falta no continente latino, o que interrompeu a produção da empresa no Brasil e na Argentina. A notícia foi divulgada hoje em um comunicado oficial destinado à imprensa.

A unidade de Indaiatuba, responsável pela produção do Corolla, interrompeu as atividades ontem, dia 25 de abril, e repetirá a ação nos dias 6 e 20 de maio, enquanto a planta de Zárate, que fabrica a linha Hilux, não operará nos dias 13, 20 e 27 de maio. A Toyota informou que as paralisações não surtirão quaisquer consequências para os funcionários. As instalações industriais da marca nos Estados Unidos também tiveram que fazer pausas devido ao desabastecimento causado pela catástrofe.

Foto | Toyota/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter