Pré-venda do Renault Kwid começa na sexta-feira (9/6)

A pré-venda do Renault Kwid começa na sexta-feira (9/6) como mostra o hotsite do modelo. A página já está em contagem regressiva para o início de sua comercialização. O hatch será apresentado no mesmo dia no Salão do Automóvel de Buenos Aires. Além do site oficial, a marca também divulga o seu novo hatch no Instagram.

O Renault Kwid terá preço de R$ 29.990 para sua versão de entrada como antecipou a revista Quatro Rodas no dia 26 de maio. Já nossa reportagem antecipou no dia 29 de maio que a versão completa do modelo terá preço sugerido de R$ 34.990.

Airbags

O Renault Kwid será o primeiro hatch compacto do mercado nacional a vir de série com airbags laterais, além dos obrigatórios frontais. A exemplo de Logan e Sandero equipados com câmbio automatizado, o Kwid com transmissão Easy’R virá equipado com controles de tração e estabilidade.

Motor

O motor 1.0 SCe tem potência de 79cv e torque de 10,2kgfm quando abastecido com gasolina e 82cv e torque de 10,5kgfm com etanol no tanque. O câmbio é o manual de cinco velocidades. O compacto também terá versões equipadas com a transmissão automatizada Easy’R.

Interior

O Renault Kwid terá somente vidros manuais na porta-traseira, cintos de três pontos somente para os ocupantes das extremidades, já os apoios de cabeça traseiros serão do tipo virgula para os três passageiros. Outros detalhes são os bancos dianteiros que tem o encosto inteiriços com apoio de cabeça integrado, os comandos dos vidros elétricos estão instalados no painel.

Plataforma

O Kwid fabricado no Brasil usa uma nova plataforma mundial da Aliança Renault-Nissan, conhecida como CMF-A, com cerca de 80% do seu conteúdo composto por peças novas, desenvolvidas pela Renault Tecnologia Américas.

SUV do compactos

O Renault Kwid é chamado de o SUV dos compactos na página e o fabricante ainda frisa que ele é compacto só no nome. No hotsite, a marca também colocou o depoimento de algumas pessoas nos quais eram questionados sobre o que falta nos compactos. No vídeo, a marca diz que os problemas relacionados ao tamanho do carro, capacidade do porta-malas, espaço interno e segurança na categoria de compactos está resolvido.

Agradecemos o leitor Luiz Felipe pela dica.

Fotos | Renault/Divulgação