consumo_pbe_chevrolet_spin-activ_1Como nossa reportagem antecipou em janeiro, a Chevrolet apesar de não divulgar oficialmente, entrou para o Programa Brasileiro Etiquetagem (PBE). Na época conseguimos os dados de consumo de Onix e Prisma. Além da dupla de compactos, todos os modelos da marca começam a sair de fábrica com selo de consumo. Apuramos os números de consumo da Spin Activ. O modelo aventureiro tem a pior nota categoria sendo chancelado com a classificação E como a de maior consumo da categoria.

consumo_pbe_chevrolet_spin-activA versão aventureira equipada com câmbio automático tem consumo de 5,9km/l rodando na cidade com etanol no tanque. Com gasolina o consumo urbano fica na média de 9km/l.

Com etanol o consumo na estrada fica em 7,5km/l e pula para 10,9km/l quando abastecido com gasolina.

As notas dos concorrentes diretos da Spin também não são boas. Tanto o Citroën Aircross quanto o Fiat Idea Adventure têm apenas nota D. Porém, a nota E deixa o modelo da Chevrolet com a pior nota da categoria.

O Citroën Aircross 1.6 16v equipado com câmbio automático tem média de 5,9km/l rodando com etanol na cidade  e 8,4km/l rodando com gasolina. No consumo rodoviário a média com etanol foi de 7,4km/l e 10,7km/l quando abastecida com gasolina.

O Fiat Idea Adventure 1.8 16v equipado com o câmbio automatizado Dualogic tem nota D. O consumo urbano do modelo rodando com etanol é de 5,9km/l e com gasolina fica em 8,8km/l. No consumo rodoviário a média com etanol é de 6,7/km/l e com gasolina fica m 8,8km/l.

Fotos | Autos Segredos