Pelo jeito, a novela do aumento de IPI para veículos importados está longe do fim. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou em uma entrevista coletiva em Brasília que, a partir de 2013, o índice de nacionalização exigido pelo governo para não sobretaxar os automóveis irá aumentar. Atualmente, o percentual definido para cobrança do tributo maior é de 65%.

Mantega afirmou que a política do poder público não vai mudar nos próximos anos. Pelo contrário, o setor automotivo será mais exigido. O ministro disse ainda que o país já sente os efeitos positivos Segundo ele, as marcas filiadas à Anfavea investirão US$ 21 bilhões no Brasil entre 2011 e 2014, praticamente o dobro dos US$ 11 bilhões aportados de 2007 a 2010.

Foto | Fiat/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter