Depois de decorrido quase um mês desde a apresentação oficial à imprensa (veja aqui), o novo Civic enfim chega à concessionárias.  O sedã começa a ser vendido hoje, 17, como o fabricante já havia antecipado em um vídeo de divulgação (veja aqui). Os preços são os mesmos que havíamos antecipado em dezembro (veja aqui).

Versões e preços sugeridos:

  • Honda Civic LXS MT Flex: R$ 69.700
  • Honda Civic LXS AT Flex: R$ 72.900
  • Honda Civic LXL MT Flex: R$ 72.700
  • Honda Civic LXL AT Flex: R$ 75.900
  • Honda Civic EXS AT Flex: R$ 85.900

O novo Civic mantém algumas características que agradaram na geração anterior, como as linhas gerais da carroceria e a dirigibilidade, mas procura corrigir alguns pontos críticos. O primeiro é o espaço no porta-malas, que segundo o fabricante, subiu para 449 litros (109 a mais que o antecessor). O segundo é a oferta de equipamentos, com a introdução de teto solar, airbags laterais e sistema multimídia com tela sensível ao toque, ainda que os itens em questão estejam restritos às versões mais caras.

O motor 1.8 16V mantém os números de potência e torque, 139/140 cv e 17,5/17,7 kgfm, mas está mais econômico, graças à introdução do sistema Econ. As duas opções de câmbio, manual e automático, permanecem com cinco marchas, mas o segundo dispõe de borboletas no volante, a partir da versão LXL.

O Civic já liderou a categoria de sedãs médios no Brasil, mas acabou sendo desbancado pelo Toyota Corolla. Apesar de ter perdido o primeiro posto, continuou com uma boa fatia no mercado: foi o segundo colocado do segmento em 2011, mesmo com as vendas em baixa durante o segundo semestre (veja aqui). Será que a nova geração continuará nas primeiras posições do ranking?

Fotos | Honda/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter