Modelo é divide a linha de produção com o Classe C na fábrica de Iracemápolis

mercedes-benz_gla_brasilA Mercedes-Benz já monta o GLA no Brasil. O modelo é o segundo a sair das linhas de produção da fábrica instalada no interior paulista. Lá, a marca alemã já monta o sedã Classe C.

“Ao expandir a produção local no País estamos fortalecendo de maneira consistente nossa competitividade global”, afirma Markus Schäfer, membro do Board Mercedes-Benz Automóveis, Produção e Logística. “Com a produção do GLA em Iracemápolis, estamos estabelecendo novos padrões em termos de flexibilidade e eficiência: pela primeira vez em uma de nossas plantas, veículos de tração dianteira e traseira compartilham a mesma linha de produção. Isso torna Iracemápolis referência para a rede global de produção de automóveis da marca”. Esse modelo de produção extremamente flexível é possibilitado graças ao baixo grau de automação da linha.

Para montar o GLA, uma etapa para a qualificação da equipe brasileira para produção do GLA foi o período em que realizaram treinamentos na fábrica de Pune, na Índia, e Kecskemét, na Hungria. Nos treinamentos, os multiplicadores puderam se familiarizar com todos os processos produtivos com objetivo de replicar esse conhecimento internamente na fábrica de Iracemápolis.

A unidade de Iracemápolis está localizada em São Paulo e foi inaugurada em março de 2016. Segundo a marca alemã, a fábrica é parte da rede global de produção da Mercedes-Benz, que inclui também as plantas da Índia, Indonésia, Malásia, Tailândia e Vietnã.

Foto | Mercedes-Benz/Divulgação