Enquanto no mês de agosto as vendas de automóveis bateram todos os recordes possíveis e imagináveis no Brasil, em setembro os números despencaram. Os emplacamentos passaram de 405.499 para  277.614, redução de nada menos que 31,5%. Os veículos mais atingidos foram os provenientes do México: a cota de importações estipulada pelo governo já foi atingida e alguns modelos simplesmente sumiram das concessionárias, por falta de estoque. Os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

As cinco primeiras posições são ocupadas por hatches populares. O Gol, como de costume, foi o veículo mais vendido, superando o vice Uno. O Palio, que havia perdido o terceiro lugar para o Fox em agosto, reagiu e voltou a ficar à frente do rival. A Fiat, por sua vez, alcançou mais um mês na liderança entre os fabricantes.

O quinto colocado é o Celta. O segmento dos hatches populares continua com o Sandero, que ultrapassou a dupla Fiesta/New Fiesta. O Ka é o oitavo da categoria e o 13º no cômputo geral de setembro.

Entre os sedãs de entrada, o Siena permanece se mantendo à frente do arqui-rival Voyage. Logo em seguida vêm três modelos da Chevrolet: Classic, Cobalt e Prisma, respectivamente. O sexto colocado é o Logan.

O Ford Focus continua na ponta na categoria dos hatches médios e abre vantagem sobre rival i30, segundo colocado, no resultado acumulado. O veterano Golf ficou novamente com a terceira posição, seguido de perto por 308, Cruze Sport6 e Bravo.

O Honda Civic chegou a ultrapassar o Corolla em agosto, mas o sedã médio da Toyota reagiu e retomou a ponta em setembro. O Cruze segue estabilizado no terceiro lugar. Beneficiado pela queda dos veículos mexicanos, o Fluence fechou o mês em terceiro, à frente do Jetta, enquanto o Elantra ficou em quinto.

No pequeno segmento das peruas, nenhuma novidade. SpaceCross em primeiro e Palio Weekend em segundo. A Grand Tour, que saiu de linha mas ainda era encontrada nas concessionárias, já começa a cair na tabela.

A Spin vinha crescendo aos poucos e em setembro conseguiu chegar ao topo do segmento dos monovolumes, desbancando o Fit, que se mantinha há vários meses na liderança. Idea, Livina e C3 Picasso seguem nas respectivas posições seguintes.

A primeira posição entre os SUVs compactos voltou a ficar com o Duster, mas o maior crescimento foi registrado pelo EcoSport, que acaba de ganhar uma nova geração e registrou já começa a ameaçar o líder. Tucson e CR-V seguem na ordem.

A Strada continua isolada na ponta da categoria de picapes compactas. As concorrentes também mantiveram as posições: a Saveiro foi vice-campeã, enquanto a Montana voltou a ficar com o terceiro lugar.

Entre as picapes grandes, também não há novidades. A S10 permanece firme na liderança, seguida pela Hilux. A Amarok subiu ao pódio pela primeira vez e ficou com a terceira posição. L200, Frontier e Ranger vêm em seguida.

No ranking de marcas, salta aos olhos a queda da Nissan: oitava colocada em agosto, não passou do 12º lugar em setembro. O resultado ruim é fruto do esgotamento das cotas de importação do México, de onde vem quase toda a linha da empresa japonesa. March e Versa, os carros-chefes do fabricante, simplesmente sumiram das concessionárias, devido ao lapso nas importações. Peugeot e Suzuki também caíram, enquanto Hyundai, Citroën, Mitsubishi e Land Rover subiram. Veja a tabela completa:

FIAT 67.521 24,32%
VW 61.779 22,25%
GM 47.784 17,21%
FORD 23.379 8,42%
RENAULT 18.842 6,79%
HONDA 10.487 3,78%
TOYOTA 9.008 3,24%
HYUNDAI 7.080 2,55%
CITROEN 6.218 2,24%
10º PEUGEOT 5.372 1,94%
11º MITSUBISHI 4.674 1,68%
12º NISSAN 4.526 1,63%
13º KIA 2.954 1,06%
14º JAC 1.267 0,46%
15º CHERY 861 0,31%
16º MERCEDES-BENZ 833 0,30%
17º BMW 825 0,30%
18º LAND ROVER 715 0,26%
19º SUZUKI 526 0,19%
20º HAFEI 470 0,17%

Fotos | Volkswagen, Fiat, Toyota, Chevrolet e Ford/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Curta o Autos Segredos no Facebook!