Enquanto em janeiro o mercado de automóveis passou por uma verdadeira reviravolta, com a Chevrolet assumindo a ponta no ranking de marcas mais vendidas, em fevereiro tudo voltou a ser como era antes. A marca norte-americana retornou à terceira colocação, enquanto a Fiat retomou a liderança, seguida pela Volkswagen, que foi vice. A Nissan ocupou novamente a sexta posição, repetindo o bom resultado de janeiro. A Honda também se destacou, dando um salto de duas casas na tabela e encerrando o mês no sétimo lugar.

As vendas de automóveis apresentaram queda de 6,65% em relação ao mês anterior, com  235.896 unidades emplacadas. A redução é normal, pois fevereiro é um mês mais curto e ainda abrangeu o feriado de carnaval. Contudo, há de se considerar que, em comparação ao mesmo período do ano passado, houve retração ainda mais expressiva, de 8,85 %, sendo que o último mês de fevereiro ainda teve um dia a mais, pois 2012 é ano bissexto. Os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O ranking de vendas de automóveis também continua como antes, com o Gol na liderança. O Uno ficou em segundo, por uma diferença mínima: apenas 256 veículos separaram o Fiat do rival da VW. O Palio parece ter se consolidado na terceira posição, enquanto o Fox foi o quarto.  Celta e Fiesta encerraram o mês nas respectivas posições posteriores.

O segmento de sedãs compactos continua sendo liderado pelo Corsa sedã, mas o modelo da GM caiu duas posições no ranking geral, fechando o mês em sétimo. O Voyage continua na vice liderança do segmento, enquanto o Siena, apesar da iminência da substituição pela nova geração, retomou a terceira colocação, deixando o Cobalt em quarto. Prisma e Fiesta sedã seguem na ordem.

A categoria de sedãs médios continua sendo dominada pelo Corolla, mas há um novo vice-líder: o Civic, que ultrapassou o Cruze por uma diferença de apenas 134 veículos. Jetta e Fluence seguem nas posições seguintes.

Entre os hatches médios, Hyundai i30 permanece na ponta, seguido pelo Ford Focus. A surpresa ficou por conta do Nissan Tiida, que assumiu o terceiro lugar, deixando o Golf em quarto. O Bravo subiu uma posição e fechou o mês em quinto. O Citroën C4 fecha o ranking do segmento.

Já entre as peruas, nada mudou em relação ao mês anterior: A Palio Weekend aparece na liderança, mas se as vendas da SpaceFox fossem somadas às da versão aventureira SpaceCross, o modelo da Volkswagen assumiria a ponta. A Renault Megáne Grand Tour voltou a ser a terceira colocada.

No segmento de picapes, também não há novidades. Entre os modelos compactos, Strada, Saveiro e Montana ocupam as três primeiras posições, na ordem. A situação é um pouco diferente na categoria das caminhonetes grandes: a Hilux continua na ponta, mas a segunda posição foi assumida pela L200, que emplacou módicas oito unidade a mais que a rival S10. Contudo, há de se destacar que a concorrente da Chevrolet estava em fase de substituição pela nova geração, que acabou de chegar ao mercado e deverá dar fôlego às vendas.

Os SUVs foram liderados pelo EcoSport, que foi ultrapassado pelo Duster nos últimos meses de 2011, mas retomou a vantagem em janeiro. O modelo da Renault foi o vice da categoria, seguido pelo Tucson. O CR-V, que chegou a liderar no mês passado, registrou queda e não passou da quarta posição. O modelo da Honda é outro que teve as vendas afetadas pela chegada de uma nova geração.

FIAT 55.434 23,50%
VW 50.246 21,30%
GM 38.733 16,42%
FORD 22.463 9,52%
RENAULT 16.131 6,84%
NISSAN 7.599 3,22%
HONDA 7.252 3.07%
TOYOTA 6.586 2,79%
HYUNDAI 6.082 2,58%
10º CITROEN 4.994 2,12%
11º PEUGEOT 4.779 2,03%
12º MITSUBISHI 3.665 1,55%
13º KIA 2.786 1,18%
14º CHERY 1.660 0,70%
15º JAC 1.477 0,63%
16º HAFEI 994 0,42%
17º MERCEDES-BENZ 622 0,26%
18º LAND ROVER 540 0,23%
19º BMW 513 0,22%
20º IVECO 510 0,22%

Entre as marcas importadas, a Chery voltou a encerrar o mês à frente da conterrânea JAC Motors. Já a Land Rover foi ultrapassada pela Mercedes-Benz. Confira todos os fabricantes no ranking acima, que leva em consideração as vendas somadas de automóveis e comerciais leves.

Fotos | Volkswagen, Fiat, Honda e Ford/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter