A McLaren mal lançou o 720S e já trabalha num novo projeto. Na verdade, a marca britânica tem utilizado a base do supercarro para a elaboração de um sucessor para o diabólico P1 e também para prestar homenagem ao eterno F1. Ou seja, um carro ainda mais nervoso que o bólido híbrido de 903 cv.

Protótipo

O Protótipo do novo Macca teve imagens divulgadas pela própria fabricante, mas ela não revela dados técnicos, apenas o nome do projeto BP23 (que era o mesmo nome do projeto do F1) e que terá três acentos, sendo o que o piloto fica na posição central, assim como no lendário supercarro.

A solução foi adotada no carro desenhado pelo sul-africano Gordon Murray, em 1993, para distribuir melhor o peso do motorista no carro e não comprometer sua performance. Agora os conceitos do projetistas parecem ter ganho relevância novamente.

Monitores

Apesar de o protótipo contar com retrovisores externos, a marca tem testado monitores nas extremidades do para-brisas que poderão ser utilizados no lugar dos espelhos para reduzir o arrasto aerodinâmico.

Ao todo serão construídas 106 unidades, que começarão a ser entregues em 2019. No entanto, todas já foram vendidas.

Foto | McLaren/Divulgação