A Honda do Brasil anunciou a demissão de 400 funcionários da fábrica de Sumaré, SP. De acordo com a empresa, a decisão foi tomada devido à queda de produção na unidade paulista, que não está recebendo componentes oriundos do Japão (veja aqui). Os fornecedores do país asiático tiveram as operações paralizadas devido ao terremoto seguido de tsunami que ocorreu em março.

Os cortes correspondem a 12% da força de trabalho da planta de Sumaré. Outros 800 funcionários estão ociosos e temem por novas demissões. A medida surtirá efeito na produção diária, que já foi de 600 veículos e cairá para 300 unidades.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região já acionou o Tribunal Regional do Trabalho e entrou com uma ação contestando a decisão da Honda. A entidade propõe uma redução na carga horária nos turnos que ainda estão em atividade, além de férias coletivas para 400 empregados por mês até dezembro.

Foto | Honda/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter