Com o governo fechando o cerco aos automóveis importados e o fim da pendência judicial envolvendo a extinta Asia Motors (veja aqui), a saída mais viável para a Kia parece ser a nacionalização. De acordo com o jornal Folha de São Paulo (veja aqui), a empresa poderá utilizar a fábrica que a Hyundai constrói em Piracicaba, SP, para produzir um veículo compacto, que provavelmente será baseado no Picanto.

Kia e Hyundai pertencem ao mesmo conglomerado industrial, mas não compartilham linha de montagem alguma até o momento. Entretanto, as barreiras fiscais impostas pelo governo brasileiro aos automóveis importados poderão fazer com que a estratégia inédita seja adotada no país.

A planta de Piracicaba deverá entrar em atividade em dezembro. As instalações consumiram investimentos de aproximadamente R$ 260 milhões e terão capacidade para produzir 150 mil veículos por ano. O primeiro produto da fábrica paulista é um compacto conhecido por enquanto como HB. O modelo em questão compartilha muitos componentes com o Picanto, o que facilitaria o compartilhamento do ferramental com a Kia.

Foto | Kia/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter