redirect_auto.phpFábrica responsável pela produção de motores e cabeçotes da General Motors do Brasil, em Joinville (SC), inaugurada há um ano, conquistou a certificação LEED – Leadership in Energy and Environmental Design – na categoria Gold, a mais importante certificação internacional do U.S. Green Building Council, resultado dos investimentos em sustentabilidade e inovações industriais lá implementadas. Desta forma, é a primeira a receber esta certificação no setor automotivo da América do Sul e a segunda fábrica da GM no mundo – a primeira fica nos Estados Unidos.

Características da unidade que pesaram a favor foram a captação de energia fotovoltaica para iluminar a fábrica e escritórios, o uso racional da água e da energia elétrica, tratamento de esgotos por meio de jardins filtrantes e tratamento de água por osmose reversa. A unidade também usa energia solar para aquecer 15 mil litros de água por dia. Outras quatro unidades comerciais da GM também já receberam a certificação.

“A performance ambiental da fábrica de Joinville estava em nosso foco desde o início do projeto”, destaca Santiago Chamorro, presidente da General Motors do Brasil. “Esta operação incorpora a perspectiva da GM de integrar a sustentabilidade em cada decisão que tomamos – desde construir fábricas eficientes até desenhar veículos eficientes. Este reconhecimento é muito importante para nós pois o LEED é um sistema de certificação que avalia e classifica as melhores práticas e iniciativas da construção civil em termos de sustentabilidade nas fases de concepção, construção e na operação propriamente dita da fábrica”.

Foto | Chevrolet/Divulgação