Uber1Nos últimos meses, a cidade de São Paulo, assim como outras capitais, foi palco de diversos protestos que envolviam taxistas posicionados contra a circulação de carros ligados ao aplicativo Uber. O assunto divide opiniões e polariza a sociedade, mas o que o prefeito da maior cidade do Brasil, Fernando Haddad, quer é finalizar todo o imbróglio com a regulamentação.

#JuntosPeloMatheus   –  O Autos Segredos convida seus leitores a ajudar o Matheus   –    https://www.facebook.com/juntospelomatheus/timeline

Hoje, dia 29, um decreto foi publicado no Diário Oficial do Município, e coloca um projeto de regulamentação para apreciação pública. Sugestões da população paulistana serão recebidas e consideradas para balizar a criação de um regimento específico para a categoria de transporte do Uber.

Os taxistas já tiveram algumas vitórias contra o Uber. Até mesmo uma categoria especial de taxis foi criada, os popularmente conhecidos taxis-pretos.

Ilegal, o Uber não pode circular em São Paulo, mas, por uma brecha na legislação municipal, a criação de um grupo de estudos sobre o tema foi possível. Dessa forma, recentemente, a Câmara Municipal votou uma emenda que libera a existência de carros compartilhados na cidade.

Adiante, uma segunda votação será feita e, após esta, a sanção do prefeito colocará o Uber dentro de uma tarifação específica, que, para cada trajeto, incidirá sobre os condutores cadastrados.

Foto | Divulgação