Ao contrário da conterrãnea JAC, a Chery Motors anunciou que mesmo com a mudança nas regras de taxação do IPI – das quais ela conseguirá escapar até o dia 15 de dezembro – manterá seus planos para a construção de uma fábrica na cidade de Jacareí estão mantidos.

A fábrica teve sua pedra fundamental lançada em julho, e representa um investimento de US$ 400 milhões.Se tudo seguir como o previsto, as obras serão concluídas já no segundo semestre do ano que vem. Confira a seguir a nota oficial divulgada pela empresa.

“Diante da medida provisória anunciada pelo governo brasileiro no dia 15 de setembro, que prevê aumento de 30% até 55% da alíquota do IPI para veículos fabricados fora do MERCOSUL, a Chery comunica oficialmente que os planos de implantação de uma unidade industrial da montadora no país, no município de Jacareí (SP), permanecem inalterados.

Os estudos que fundamentaram a decisão da maior montadora independente chinesa (sem associação com nenhuma outra fabricante de veículos) estão baseados em mercado futuro, em participação efetiva e definitiva da Chery no mercado brasileiro como player permanente.

A empresa seguirá, sempre, as normas e determinações impostas pelo governo brasileiro, mesmo com a constatação de evidentes pontos de protecionismo injustificado no conteúdo da medida editada.

Alguns ajustes no procedimento de implantação poderão ser necessários, mas, para uma empresa que pretende fazer parte do mercado brasileiro, por acreditar em seu potencial de crescimento, a visão de futuro continua servindo de incentivo à causa proposta pela Chery de instalar-se no Brasil”.

Foto | Chery/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter