sistema_ESP_Bosch

De acordo com  estudos do Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI BRASIL), o sistema ESP de série teve um aumento de 22,3% no mercado nacional em 2015. Segundo o instituto foram considerados 299 modelos de veículos nacionais e importados à venda no país em 2015. Das 917 opções comercializadas no Brasil, em 549 o item era de série; em 2014, apenas 499 eram equipadas com a tecnologia, o que representa um aumento de 22,3%. O item será obrigatório a vir de série no Brasil a partir de 2022.

#JuntosPeloMatheus   –  O Autos Segredos convida seus amigos e fiéis leitores a ajudar o Matheus   –    https://www.facebook.com/juntospelomatheus/timeline

O estuda ainda aponta um crescimento de 49,4% em 2015 para os modelos produzidos no país e na América do Sul. “O fato de as montadoras oferecerem uma gama maior de versões com o ESP como item de fábrica mostra o empenho das marcas em produzir veículos mais tecnológicos, mas ao mesmo tempo mais seguros para seus clientes”, afirma Emerson Feliciano, superintendente técnico do CESVI BRASIL.

Entretanto, o item de segurança está presente em apenas 18,5% dos hatches compactos. A categoria é a mais vendida no mercado nacional. Já em 81,5% o ESP não está disponível nem como opcional. Já entre os hatches médios o ESP está presente como item de série em 82,5% dos modelos.

Na categoria de sedãs compactos, apenas 12% contam com o ESP de série. Já nos sedãs médios 67% contam com o item de série. No segmento de sedãs de luxo o ESP está disponível em 100% dos modelos comercializados no mercado nacional.

Já no segmento de picapes compactas 89% das opções não contam como o ESP como item de série. Nos veículos esportivos o ESP está presente em 81% dos modelos como item de série.

Foto | Bosch/Divulgação