A BMW S 1000R chega com novidades visuais ao mercado brasileiro. A moto ganhou carenagens mais compactas que ressaltam o seu design agressivo. A traseira levantada, frente baixa, faróis assimétricos e as características entradas de ar em formato de brânquias completam o design do modelo. O preço sugerido é de R$ 63.900.

Painel

Já o painel de instrumentos está com nova inclinação que facilita a visualização pelo condutor. A BMW S 1000 R será comercializada nas cores vermelho e as novas cinza e tricolor. A superesportiva conta ainda com um novo sub-chassi traseiro e um novo escapamento em titânio.

“A BMW S 1000R é um dos modelos mais versáteis da BMW Motorrad, pois combina o desempenho de uma superesportiva com a agilidade de uma roadster. As mudanças visuais e técnicas da motocicleta na linha 2017 contribuem para mantê-la no topo da categoria”, comenta Luciana Francisco, gerente sênior de marketing da BMW Motorrad Brasil.

Motor

A moto é equipada com o motor de quatro cilindros em linha que desenvolve 165 cavalos de potência a 11.000 rpm e torque 11,62 kgfm a 9.250 rpm. A superesportiva conta ainda com o novo Shift Assist Pro, similar aos modelos RR e XR, que otimiza a troca de marchas sem a necessidade de embreagem.

Modos de condução

A BMW S 1000 R vem equipada com diversos modos de condução ao toque de um único botão. Na versão 2017, são duas novas opções de pilotagem pro: “Dynamic” e “Dynamic Pro”. Além delas, estão disponíveis os modos “Rain”, que confere respostas mais suaves do acelerador, com os sistemas ABS e ASC adaptados ao piso molhado, e o modo “Road”, que otimiza para piso seco as respostas de acelerador, ABS e ASC. Por último, o modo “Pro” está disponível como um extra opcional àqueles que gostam de explorar os limites.

De série

De série, a moto vem equipada com sistemas de última geração de freios ABS pro de corrida e controle de estabilidade automático (DTC).

Fotos | BMW/Divulgação