Ford_ecoSportA Fundação Procon-SP notificou a Ford Motor Company Brasil sobre problemas no câmbio PowerShift, dos modelos New Fiesta, Focus (incluindo FastBack e Titanium) e EcoSport. De acordo com órgão a Ford recebeu a notificação em 26/11/15 e no dia 18/12/15 a marca protocolou no Procon-SP a resposta na qual reconhece que existem falhas no câmbio PowerShift. A Ford ainda diz que irá informar os clientes via carta comum ou mala direta, para realizar reparos necessários sem custos e estender a garantia de três para cinco anos dos veículos que apresentarem o problema.

#JuntosPeloMatheus   –  O Autos Segredos convida seus leitores a ajudar o Matheus   –    https://www.facebook.com/juntospelomatheus/timeline

A falha foi identificada depois de centenas de reclamações de consumidores nas redes sociais, em matérias na imprensa e, também, registradas no Procon-SP.

O câmbio PowerShift equipa os modelos EcoSport, Fiesta e Focus. O equipamento é uma transmissão automatizada de dupla embreagem. De acordo com relatos dos consumidores o mal funcionamento causa trepidações, ruídos, além do superaquecimento no sistema. O PowerShift equipa os modelos produzidos entre 2013 e 2014. A falha leva a troca prematuras de kit embreagem, problemas nas trocas de marchas e demora para o sistema responder.

Relatos de clientes apontam que há perda de força (especialmente em aclives), superaquecimento, pane com o travamento completo que impossibilita o engate de marchas.

Em resposta ao Procon-SP o fabricante reconhece a falha e afirma que irá realizar os reparos nos veículos envolvidos – sem custos para o consumidor – e, também, estender a garantia de três para cinco anos, ou 160 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro. A garantia estendida será exclusiva para os modelos Ford New Fiesta e Ford EcoSport 2013 e 2014 e Ford Focus 2014, equipados com o sistema PowerShift de seis velocidades.

Caso os veículos envolvidos tenham ultrapassado a marca de 160 mil quilômetros rodados antes do término dos três anos de garantia de fábrica, eles deverão ser atendidos normalmente – e sem custos – com a realização de reparos ou troca do sistema.

 O órgão paulista recomenda que todo os proprietários dos modelos envolvidos devem agendar o reparo nas concessionárias da marca caso já tenham constatado o problema

A Fundação Procon-SP recomenda que todos os proprietários dos modelos envolvidos agendem revisões nas concessionárias da Ford para revisarem seus veículos. Caso já tenham constatado o problema ou ele seja detectado na revisão os clientes devem formalizar por escrito reclamação junto a montadora, guardando número de protocolos, mensagens enviadas, áudios e qualquer outra forma de comprovação.

O Procon-SP ainda orienta que caso algum consumidor tenha se envolvido em algum acidente causado pelo defeito poderão solicitar por meio do judiciário reparação por danos morais e patrimoniais.

Fonte | Procon-SP

Foto | Ford/Divulgação