Volkswagen Jetta passa por recall no Estados Unidos

Foram anunciados nesta semana três recalls envolvendo automóveis comercializados no Brasil. A Honda convocou 1,35 milhão de unidades do Fit, espalhadas pelos Estados Unidos e por países da Europa, África e Oriente Médio. Os veículos, produzidos entre 2001 e 2007, podem apresentar problemas no sistema elétrico dos faróis. Já a Volkswagen anunciou que cerca de 400 mil exemplares de Golf, Jetta, Jetta Variant e New Beetle, fabricados entre 2007 e 2009, podem apresentar rompimento em uma mangueira de combustível, devido ao contato com uma peça do reservatório do líquido limpador do parabrisa. Foram incluídos na convocação apenas carros vendidos nos Estados Unidos. Por fim, também nos Estados Unidos, a Chrysler chamou à rede autorizada 76 mil picapes Dodge Ram, dos anos de 2009 e 2010. A causa é o pedal do freio, que pode demorar mais do que o esperado para retornar à posição normal.

A Honda correu para explicar a situação, e já divulgou um comunicado à imprensa dizendo que as unidades vendidas em solo nacional não são apresentam o problema. De acordo com o documento, “na fábrica de Sumaré, SP, onde são produzidos os veículos comercializados no Brasil, o processo de montagem possui sequência diferente. Além disso, o componente utilizado nos modelos comercializados no mercado brasileiro é produzido nacionalmente, possuindo processo de fabricação no fornecedor diferente do componente aplicado nos veículos afetados por esta campanha”.

O caso da Volkswagen e da Chrysler, contudo, é diferente. Os veículos convocados para o recall são provenientes das fábricas que as montadoras instalaram no México, exatamente as mesmas que produzem os veículos exportados para o Brasil. As duas marcas ainda não se posicionaram quanto à necessidade de convocar as unidades que circulam por aqui.

Foto Volkswagen/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter