jeep_renegadeO Latin NCAP divulgou o resultado de seus últimos testes de colisão. O Jeep Renegade produzido no Brasil recebeu cinco estrelas na proteção dos ocupantes. É a primeira vez que um modelo produzido no Brasil consegue as cinco estrelas para ocupantes adultos e crianças. Já o Chery New QQ não recebeu nenhuma.

O instituto que recentemente recebeu o apoio da Bloomberg Philanthropies afirma que continua a impulsionar o aperfeiçoamento dos níveis de proteção dos ocupantes adultos e crianças, que em muitos países ainda estão abaixo dos padrões mínimos de segurança estipulados pelas Nações Unidas.

O Jeep Renegade recebeu as cinco estrelas na proteção dos ocupantes criança e adulto. Segundo o Latin NCAP a estrutura do SUV é forte, os airbags e cintos de segurança protegem corretamente os ocupantes no impacto frontal, proporcionando uma boa proteção no impacto lateral. O Renegade conta com dois airbags frontais, freios ABS e lembrete de cinto de segurança de série em todas as versões. Este modelo acabou de entrar no mercado.

O novo Fiat Palio foi novamente avaliado pelo instituto e melhorou sua nota em relação ao teste realizado em 2014. A marca atualizou o sistema de lembrete de uso do cinto (SBR) para o motorista em todas as unidades desde julho de 2015. Depois de sua avaliação e de satisfazer os requisitos do Latin NCAP, o novo Palio, com airbags, aumentou a qualificação obtida em 2014 para quatro estrelas no na proteção de ocupantes adultos. Ainda segundo o Latin NCAP o fabricante atualizou o manual de instruções para a instalação de Sistemas de Retenção Infantil para, aumentando a pontuação do ocupante criança para três estrelas.

Já o chinês Chery IQ fabricado na China e chamado no Brasil de New QQ não obteve nenhuma estrela. Apesar de ser comercializado no mercado nacional com airbag duplo. O modelo avaliado pelo Latin NCAP é ofertado em alguns mercados sem os airbags frontais. Por isso ele recebeu nota zero em relação a proteção de ocupantes adultos, bem como zero estrela quanto a segurança dos ocupantes crianças.

Ainda segundo o Latin NCAP o fabricante não recomendou os sistemas de retenção infantil a ser utilizados durante o teste. O  Latin NCAP faz questão de que todos os fabricantes recomendem seus sistemas de retenção (cadeirinhas). Essa decisão explica parte da baixa pontuação quanto à proteção dos ocupantes crianças. Para o Latin NCAP, os fabricantes devem ser responsáveis pela segurança de todos os passageiros que viajam em seus carros: adultos e crianças.