Toyota no Salão de São Paulo: entre a mobilidade distante e a esportividade possível
Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Por Marlos Ney Vidal

O palco do estande da Toyota no Salão de São Paulo 2018 mais parece cenário de filme futurista. A marca destaca dois projetos da linha Concept-i, de modelos autônomos e com promessa de contribuição com a mobilidade. O i-Ride, com suas portas tipo asa de gaivota, chama a atenção pelo assento deslizante, condução por joystick e acessibilidade à cadeirantes, com sistema para carregar e descarregar a cadeira de rodas.

Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Conceito

Já o VR Concept-i é um modelo maior, com dois lugares e portas do tipo tesoura. AO mesmo tempo, uma simpática senhora percorreu o palco com o Concept-i Walk, espécie de patinete de três rodas futurista com condução automatizada, distância entre eixos variável e baixa altura do solo.

Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

Gazoo

Se a linha de conceitos parece distante, a divisão esportiva da Toyota apresenta algo mais próximo e real. A marca vai estrear o primeiro modelo de sua linha Gazoo Racing na Hilux, com propostas trazidas das competições de rali. Com grafismos nada discretos, capô preto e suspensão modificada com acerto para privilegiar o off road mais radical, a versão GR-S mantém o motor turbodiesel 2.8L de 177 cv. A pré-venda das 420 unidades já começou com entregas previstas para janeiro de 2019.

Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

O desenho meio exagerado e controverso da versão esportiva deve se espalhar pela gama da Toyota no Brasil. O recém-lançado Yaris também está no Salão com sua variante X-Way. Porém, o hatch compacto ainda é um conceito, segundo a marca japonesa.