Estreante Polo emplaca 3.841 e Argo tem seu melhor mês com 5.015 unidades vendidas
Chevrolet Onix
Foto | Chevrolet/Divulgação

O mercado automotivo segue tendência de alta em novembro. Comparado ao mesmo período de 2016, as vendas cresceram 13,66%. Ao todo foram emplacadas 197.247 unidades. O Chevrolet Onix segue na ponta com folga. Ford Ka toma a segunda posição do Hyundai HB20. Entre os SUV´s compactos, o Hyundai Creta assume a liderança.

Hatches compactos

O Chevrolet Onix segue com o modelo mais vendido do mercado nacional. Em novembro o hatch compacto emplacou 18.611 unidades. O Ford Ka ficou com o segundo lugar com 9.067 unidades comercializadas. Na terceira posição o Hyundai HB20 teve 8.537 modelos vendidos. O veterano Volkswagen Gol ficou em quarto com 6.290 unidades comercializadas. O Fiat Mobi é o quinto com 5.267 modelos vendidos.

Chevrolet Prisma
Foto | Chevrolet/Divulgação

Sedãs compactos

Repetindo o irmão, o Chevrolet Prisma lidera entre os sedãs compactos com 6.014 unidades vendidas. A segunda posição é do Volkswagen Voyage com 4.089 modelos emplacados. Com 3.661 unidades vendidas, o Nissan Versa ficou com o terceiro lugar. Fechando os cinco mais vendidos, o Hyundai HB20S é o quarto com 3.392 unidades emplacadas e Toyota Etios Sedan ficou com quinto lugar com 2.841 unidades.

Hyundai Creta
Foto | Hyundai/Divulgação

SUV´s compactos

O Hyundai Creta conquistou o primeiro lugar com 4.164 unidades emplacadas. O ex-líder Honda HR-V ficou com o segundo lugar com 4.095 modelos vendidos. Colado nos líderes, o Nissan Kicks teve 4.041 unidades vendidas ficando com o terceiro lugar. O quarto lugar é do Jeep Renegade que teve 3.423 modelos comercializados. Já o quinto lugar é do Ford EcoSport com 3.217 modelos vendidos.

Foto | Toyota/Divulgação

Sedãs médios

Imbatível, o Toyota Corolla lidera entre os sedãs médios com 5.537 unidades vendidas. Na segunda posição, o Honda Civic teve 1.858 unidades comercializadas. O terceiro lugar é do Chevrolet Cruze com 1.639 modelos vendidos. Completando os cinco mais vendidos, o Ford Focus Fastback ficou com o quarto lugar emplacando 624 modelos e o Volkswagen Jetta ocupou a quinta colocação com 589 modelos comercializados.

Chevrolet Cruze Sport6
Foto | Chevrolet/Divulgação

Hatches médios

O Chevrolet Cruze Sport6 liderou entre os hatches médios com 749 unidades vendidas. O Ford Focus ficou em segundo com 435 modelos emplacados. Com apenas 241 unidades vendidas, o Volkswagen Golf ficou na terceira colocação. O Peugeot 308 ficou com o quarto lugar com 77 modelos vendidos. Já o Audi A3 ficou com quinta posição com apenas cinco unidades emplacadas.

Volkswagen Polo
Foto | Volkswagen/Divulgação

Estreantes

Lançamento mais recente, o Volkswagen Polo estreou bem e ficou na 14ª posição com 3.831 unidades vendidas. Já o Fiat Argo teve seu melhor mês emplacando 5.015 unidades. Já o Kwid depois de uma estreia empolgante, ficou apenas com a 27ª posição com 2.231 modelos comercializados.

Fiat Strada Hard Working
Foto | Fiat/Divulgação

Picapes compactas

A Fiat Strada segue como o modelo comercial mais vendido do mercado brasileiro. A picape teve 5.295 unidades vendidas. Com 3.612 modelos comercializados, a Volkswagen Saveiro ficou com o segundo lugar. Já a Chevrolet Montana ficou em terceiro com 1.266 unidades vendidas.

Picapes médias

Entre as picapes médias, Fiat Toro já não lidera com tanta folga emplacando 3.950 unidades. A segunda posição ficou com a Toyota Hilux que teve 3.112 modelos comercializados. Na terceira posição, a Chevrolet S10 vendeu 2.536 unidades. Completando as cinco primeiras posições, a Ford Ranger ficou com o quarto lugar com 1.876 unidades emplacadas e a Renault Oroch ficou com a quinta posição com 1.161 modelos comercializados.

Mais vendidos

Confira na imagem abaixo a lista dos cinquenta mais vendidos entre os automóveis e comerciais leves:

  • Airplane

    Argo não consegue alcançar o Gol …

    • marc

      É cedo para tal avaliação, o Argo não tem nem 1 ano de mercado, lembro do Mobi quando foi lançado e olha aí agora

    • Paulo Freire

      Dezembro tende a ser melhor graças a nova versão de 40 paus.

  • Marcelo Cordeiro

    O primeiro e segundo lugar no ranking de vendas são nota 0 em segurança. O brasileiro precisa ser estudado!!

    • Fabricio Barcelos

      Rapaz o pior é Onyx vendendo isso tudo!
      Ta na promoção pra esse povo levar esse jurassico pra casa?

      • Marcelo Cordeiro

        O problema é que a maioria das pessoas não se informa antes de adquirir um veículo. Ademais, a Chevrolet tem planos com entrada baixa e zilhões de anos pra pagar. Aí o povo se joga mesmo!!!!!

      • Louco por carros

        É o carro mais vendido, com menor desvalorização e parcelado em 500x sem juros. Povo tá se lixando pra segurança.

      • Fernando

        Jurássico é HB20 que tem tuchos mecânicos, 3 cilindros mancos e beberrões, usa óleo grosso e ainda é frágil. Gambiarra total esse trem de força importado da Coréia..

    • Milton-GT

      Já foi estudado o suficiente. Acho o brasileiro bem inteligente, ele se defende muito bem, pode parecer um paradoxo, mas se pensarmos que a probabilidade de um acidente mortal é bem pequena, menor até do que morrer em um acidente aéreo, para que serve essa fobia por segurança? Antes de pensar em air-bags e em estrelas, temos que pensar em tornar nossas estradas mais seguras e usarmos mais o transporte ferroviário combinado com a navegação, afinal nosso país está todo concentrado na costa. Com nossas estradas de pista simples e entupidas de caminhões não existe estrela que dê jeito. em São Paulo que tem quase todas suas estradas duplicadas, o índice de acidentes é menor, mas chama a atenção o número de caminhões envolvidos. Inclusive a porcentagem de mortos é muito maior entre os motociclistas do que entre os carros.

      • danielgermano lopesmoreira

        Concordo com vc !!!!. Não é estrelas que fazem salvar vidas , deveria ser o nosso dinheiro sendo gasto em obras de rodovias . Agora eu não faço questão de usar o transporte ferroviário e náutico, continuo preferindo o rodoviário e principalmente aéreo .

        • Milton-GT

          Quando eu me referi ao trasporte ferroviário e náutico, eu quis dizer em relação ao transporte de cargas, para reduzir o número absurdo de caminhões em nossas rodovias.

        • Renato Texeira

          Sem falar na educação média dos motoristas brasileiros no trânsito. Temos estradas de 3º mundo com muitos motoristas do mesmo nível. Converse com gente vinda de países mais civilizados e vai ver que muitos se apavoram com a falta de educação e a quantidade de imprudências que se observa nas estradas.

      • Marcelo Cordeiro

        O que eu não entendo é a lógica excludente muito utilizada por algumas pessoas. A necessidade de melhorias nas estradas brasileiras não diminui a importância da construção de veículos seguros. Muito pelo contrário, só aumenta a importância da utilização dos resultados dos testes de segurança como critério primordial na escolha de um determinado modelo. Isto porque a melhoria das vias brasileiras compreende atuação estatal, portanto fora da esfera de atuação do cidadão. Assim, como infelizmente vivemos num país onde os recursos públicos longe de serem aplicados no atendimento das necessidades da população, circulam entre malas, cuecas e contas em paraísos fiscais em benefício daqueles que deveriam empregá-los na segurança e melhoria da coletividade, a única coisa que podemos fazer é escolher melhor nossos veículos, adquirindo aqueles que oferecem mais segurança.

        • Milton-GT

          O que você não entende é que construir veículos seguros só faz sentido em rodovias seguras. Entenda que a segurança é não existir acidentes, se eles acontecem é por causas externas, como rodovias inseguras, os dispositivos de segurança passiva, são somente um ultimo recurso para diminuir o risco. O carro mais seguro do mundo não é páreo para uma carreta de 45 Toneladas que vai esmagá-lo como um inseto. Isso torna claro que a segurança começa por rodovias seguras e por motoristas conscientes e para termos isso no Brasil temos que começar por ter estradas seguras, para depois educarmos os motoristas e por último criarmos a segurança passiva como air-bags. Foi assim que foi feito no primeiro mundo.

          • haterXhater

            “O carro mais seguro do mundo não é páreo para uma carreta de 45 Toneladas que vai esmagá-lo como um inseto. ”

            Grande parte aqui é um bando de engomadinho pão-com-b0sta criados a leite com pêra no conforto dos seus apartamentos no Leblon e acham que o mundo é só Rio-SP. Se eles acham o asfalto de SP ruim, não viram NADA no interior do país. No interior do país, fora Rio-SP e sul do país, é infestado de caminhões a 130 km/h numa reta, estradas esburacadas e sem faixa de sinalização e sem pista dupla. Ter um Volvo XC90 vai fazer pouca diferença numa colisão com um caminhão a 160km/h. Os passageiros do “indestrutível” e segurança alienígena do Volvo vão morrer como se estivessem no Onix ou Ka 0 estrela.
            Quantos clientes e amigos que perdi, muitos em suas pickups S-10 e Rangers “seguras”, mas que não fez a mínima diferença quando chocaram com um caminhão de 40 ton.
            Enfim, o buraco é mais embaixo.

          • Lucas Campos

            E quantos morrem batendo a 80km/h em veículos menores como Onix e Ka? E se os carros fossem mais seguros, quantos teriam sido salvos? Nem todas as batidas acontecem contra caminhões! A minoria delas acontecem com caminhões. O que tem de gente morrendo em acidente com veículos pequenos por ai… muitos poderiam ser salvos se o carro fosse mais seguro.

          • Lucas Campos

            Nossa… agora vc foi longe… Pra fazer veiculos seguro tem que primeiro ter estrada segura? Pra mim é justamente o contrário! Se as estradas nao sao seguras, aí é que precisamos de veículos seguros pois as estradas irão aumentar a chance de se envolver em um acidente! E não, se acidentes acontecem, não é apenas por fatores externos (vias), muitos deles são causados por motoristas irresponsáveis.
            O carro mais seguro do mundo pode não ser eficaz contra uma carreta, mas pode ser contra um veículo menos em uma batida a 80km/h, coisa que Onix e Ka não são.
            Me desculpa, mas quanta bobagem… então pra ter segurança passiva precisamos esperar outras coisas??? Uma não está atrelada a outra!

          • Milton-GT

            Na minha opinião quem está falando bobagem é você. Leia de novo meu comentário e pense mais um pouco, quem sabe você conseguirá entendê-lo.

          • Filipe Alberto
          • Antônio Luiz Cardoso

            Pois é. ABS, EBD, EES, garantem o resultado do que é mostrado no vídeo. Alguns lançamentos recentes são deploráveis no Brasil.

          • Antônio Luiz Cardoso

            Com certeza Lucas. O automóvel tem que ser seguro. Segurança nas estradas brasileiras não existe, somente em SP. Assim, temos que ter carros mais seguros, os últimos laçamentos de algumas montadoras foi terrível. Somente salvam o Toro, up! e Polo, o resto é resto.

          • Malvino Jose Moreira Junior

            E só existe acidentes em rodovias? Temos cruzamentos, fator chuva , sono do motorista que te bateu etc.. ,bêbados , motoqueiros malucos em bairro e grandes cidades. Inadmissível é você sofre graves lesões ou vir a óbito por uma batida de 60 km. Sim a sopa de letrinhas é valida e carros seguros sim deve ser levado em consideração. alerta de frenagem, controle de tração , sensor de fadiga etc… Quanto mais melhor , porem infelizmente aumenta o custo. Imagine a formula 1 hoje, sem evoluir em segurança. Eu entendo sua visão Milton, mas tirando os caminhões , sobra os motoristas imprudentes do dia dia!

          • Milton-GT

            É que eu moro na cidade de São Paulo, e a velocidade é bem limitada. Só acontecem acidentes com morte em situações muito específicas em que um veículo seguro não faz muita diferença.

          • Malvino Jose Moreira Junior

            Sim mas eu moro no Rio de Janeiro e temos bairros com vias mal sinalizadas , cruzamentos aonde ninguém respeita, vias aonde a velocidade é 40km e nego anda a 80km e etc. Não é só ruas devem ser seguras etc… Precisamos de educação no transito. E outra coisa vc mora no centro de São Paulo , mas e quem mora nos bairros em outras cidades aonde o transito flui melhor.

        • Temeratus Silva

          Ou seu Milton, pega leve. Contra um caminhão de 40 t, só um Caterpillar 797, que aliás não tem nem airbags. Aliás pelo seu raciocínio, podemos tirar os cintos de segurança, airbags, e toda a sopa de letrinhas… não vai adiantar mesmo…O sr. quer justificar um erro com outro, mas lembre-se: 2 erros nunca darão um acerto.

    • Denis

      O brasileiro não precisa ser estudado Marcelo. Infelizmente essa escola existe e prega milhões deles. É fator genérico existente desde da era VW Fusca que transmitiu vírus compulsórios que passou de avô, pai, filhos, netos, bisnetos e assim substantivamente…… Mas não se preocupe, o Toyota Corolla já está a um passo para reverter tudo isso, e quem sabe garantir o titulo de carro mais vendido do Brasil…..

    • Fernando

      Nota zero só no Latin N Cap, que é intestino azedo de gringos…
      Esses dois carros são nota 10 em segurança e em tudo..
      Parabéns Chevrolet e Ford!!!

      • Lucas Campos

        kkkkkkkk quanta besteira

      • souza89

        ah bixo não zoa não.

    • Danilo

      Não acho legal comentários preconceituosos. O dinheiro é da pessoa ela compra o que quiser. Por que estudar quem compra isso ou aquilo? Pra você segurança é importante, pra mim pode ser o design importante, pro fulano pode ser o tamanho do carro, pro beltrano pode ser o carro que tiver na concessionária da cidade dele ( talvez vc não saiba, mas tem cidades com muito pouca concessionária) e por aí vai. Estamos em um livre comércio, compra quem quer o que quer. Seria a mesma coisa do Corinthiano querer que façam estudos pra saber porque nem todo mundo é corinthiano.

      • Marcelo Cordeiro

        Concordaria com seu pensamento, desde que esta pessoa que adquiriu um carro reprovado em testes de segurança, pudesse ser excluída do gozo de benefício previdenciário, em casos de invalidez permanente ou temporária, decorrente de acidente envolvendo o referido veículo. Assim, se você comprou um carro nota ZERO em segurança, com base na sua liberdade de escolha, depois não me peça para custear seu benefício previdenciário com base no princípio da solidariedade que rege a seguridade social no país. Se assim fosse, tenha certeza que eu jamais questionaria esta escolha. Contudo, como não é assim que funciona, não se trata de preconceito, mas de um dever de alertar as pessoas que elas precisam dar valor a segurança. Entendeu que o buraco é muito mais embaixo???

    • Luis_Zo

      Somos até que bem estudados. Mas os resultados sempre surpreendem (pro lado negativo).

      https://br.noticias.yahoo.com/brasil-e-2o-pais-com-menos-nocao-da-propria-realidade-aponta-pesquisa-145741113.html

  • Lourival Santos de Sena Louro

    A Fiat devia ter vergonha deste Argo, coisa mais asquerosa! Tudo errado, começando pelo preço, lista de equipamentos de série, motorização do modelo mais caro, estratégia de marketing, verdadeiros amadores!

    • Lucas Campos

      Motorização 1.8? Anda bem e é tao economico quanto o Polo. Vi um teste comparativo no Youtube de um Argo e um Polo TSI. O Argo foi 2km/l mais economico que o Polo. A única diferença é que o Argo era manual. Se o Argo fosse AT, ele perderia no max 2km/l no consumo e empataria com o polo e seu motor ultra moderno em consumo na cidade.
      Esse motor 1.8 ficou muito bom com as mudanças que recebeu.

    • Kadu_CE

      Não acho o Argo ruim, pelo contrario… Sobre aparência, isso é relativo.
      O preço cobrado n é nada diferente da concorrência. O mercado como um tod está bem caro.
      Se o Argo fosse da GM, ele poderia estar em primeiro, já que a GM sabe vender carro (o onix sempre está de promoção e as concessionarias sempre te dão bônus e brindes nas compras).

    • marc

      Deveria ter o Argo Sporting com esse 1.8 e a HGT com um turbo

  • Dezembro acho que a Fiat poderá enfim bater a meta do Argo. Com essa nova versão de entrada, deixando-o mais perto do Onix e distante do Polo.
    Polo começou o mês bem animado nas vendas, mas penso que deve ser ultrapassado pelo Argo no decorrer do mês.
    Corolla continua impressionando nas vendas, ainda mais a distância para os outros sedans.
    Kicks está arrasando, mesmo com a falta de piloto automático, descansa braço e não sendo tão barato frente a um Eco 2.0 Titanium muito bem equipado, mas apertado e datado.

    • Fabricio Barcelos

      Polo é novidade…
      Pelo preço que esta e o acabamento nas versões de entrada eu não compraria

      • Filipe Alberto

        Mas pelo preço de 54 mil reais, qual o carro você levaria?

        • Kadu_CE

          Na casa dos 54 mil eu levaria o argo 1.3. Se eu gostasse muito mesmo da VW pega o up tsi ou um fox connect recheado.
          Mas assim como o Marcelo falou, se fosse entre escolher o polo ou o argo nas versões acima dos 65 mil, eu levaria o Polo tsi.

      • Marcelo Cordeiro

        Nas versões de entrada, também não compraria, iria de Argo 1.3. Contudo, na versão topo de linha, entendo que o Polo é a melhor opção.

  • marc

    O Mobi vende mais que o dobro do Fiat Uno, não consigo entender o consumidor

    • Milton-GT

      O Mobi atende quem deseja um city car, pequeno, fácil de estacionar, relativamente barato, motores eficientes, bom acabamento, itens legais, o charme da tampa do porta-malas de vidro enfim tem ótimo custo benefício. Já o Uno concorre com Onix, Ka e Gol, já viu né?

      • Rodolfo

        Caramba, você ganha quanto de comissão da Fiat? kkk

        Charme da tampa de vidro? Que charme!!!

        Motores eficientes no plural??? Diga isso ao excelente Firefly! Mas o 1.0 4cc já deixou de ser eficiente a muito tempo!!! O próprio Firefly está aí para afirmar isso…

        Diga que é mais barato de fabricar/ manter ou sei lá o que… Mas eficiente??? kkk

        • Milton-GT

          Procure se informar antes de comentar, o motor Fiat Fire tem mais torque em baixa e é mais econômico do que o 1.0 do Chevrolet Onix. Assim ele é o mais eficiente 4 cilindros em produção.

          • Rodolfo

            “É o mais eficiente 4 cilindros” Típica frase de político… Dentre os lixos, ele é o melhor dos lixos…kkk

            Onix 1.0 tem 5 Cv a mais que o Mobi 1.0… Então, o Onix é o 1.0 mais potente em produção…

            Sério Milton, quanto vc ganha pra defender essa joça? Eu jamais aceitaria outro motor 1.0 da Fiat que não fosse o Firefly. Motor de concepção moderna e eficiente de verdade para os padrões atuais…

            O Firefly não precisa ser comparado a lixos para se sobressair…. Esse Fire já deu o que tinha de dar… Já já estará fora da gama da Fiat.

          • marc

            O que chama mais a minha atenção no Mobi é a versão Way, a maís aceitável para o carro, que era para ser a topo de linha, que faz o estilo do kwid, sair com o velho motor e direção hidráulica

          • Milton-GT

            Pessoas que comparam motor pela potência demonstram total ignorância em o que seja um motor de combustão interna:
            Vamos aos números (todos com Etanol):
            VW Up! = 82 CV a 6.250 rpm e 10,4 kgfm a 3.000 rpm
            Renault Kwid = 70 CV a 5.500 rpm e 9,8 kgfm a 4.250 rpm
            Fiat Mobi Firefly = 77 CV a 6.250 rpm e 10,9 kgfm a 3.250 rpm
            Fiat Mobi Fire =: 75 CV a 6.250 rpm e 9,9 kgfm a 3.850 rpm
            Chevrolet Onix = 80 CV a 6.400 rpm e 9,8 kgfm a 5.200 rpm
            Entendeu agora? O 1.0 do Onix tem seu torque máximo a altos 5.200 rpm, isso significa que ele é deficiente no torque em baixa. Aliás tem um dos menores torques dos motores 1.0 e perde até para o motor capado do Kwid. Com certeza o motor da Chevrolet pode ser considerado uma Joça. O Fire não já que ele é até melhor que o motor do Kwid.
            E note que o motor Fire não perde tão feio se comparado ao motor de 3 Cilindros da VW, que é um dos melhores do mercado.

            E eu não ganho nada para defender o Fire é que eu simplesmente detesto burrice e me irrita ver brasileiros darem palpites errados sobre assuntos que não entendem. E ainda ficam nervozinhos porque são contrariados, sabia que querer impor opinião própria nos outros é sinal de ignorância?

          • Rodolfo

            Calma Milton-GT… kkkkk Fica nervosinho não!

            Até tava me irritando mas passou um Mobi por mim… Quando olhei aquela tampa traseira de vidro “charmosa” eu fiquei calminho calminho….kkkkk

            Experimenta esse CHARME…kkkkkk https://uploads.disquscdn.com/images/60e97ee968ab142ddc28aa3c8f0fb267561aeb2be78f1135d5293c6c19fd01aa.jpg

          • luis fernando

            Nada contra a tampa ser de vidro, desde que fosse bonita! kkk

          • Rodolfo

            Quase metade da traseira é para-choque…kkk Coisinha mais esquisita…kkkk

          • luis fernando

            Mais não pode chamar de feio e nem dizer que é ruim, porque sempre tem um pra tomar as dores! Então vou dizer que ele é exotico! kkkkkkk

          • Irlan

            Assuntos que não entendem? E você entende do que? Você é engenheiro mecânico ou algo do tipo? É apenas um italiano soberbo e persona non grata no Brasil que racha de raiva quando vê a conterrânea Fiat sendo criticada

          • Milton-GT

            Tenho curso de mecânica, curso de pilotagem esportiva e curso de elétrica, entendeu seu babaca ignorante.

    • Lucas Campos

      Muitas mulheres odeiam carro grande e só usam o carro na cidade, pra viajar normalmente usam o carro do marido que é maior. Por isso Mobi vende bem, é um carro excelente pra cidade.

      • marc

        Não reprovo o Mobi, eu mesmo já pensei em um Drive de 3cc por causa da dita economia de combustível, mas tenho certeza que a maioria dessas vendas se deve a grande promoção de css, aqui na minha cidade, eles tiram até 8.000 do valor do carro (Mobi)

    • Luciano Lopes

      O Uno é um carro ruim . Tão frágil que o meu antigo sporting não alinhava mais . Quem compra não repete .

      • marc

        Concordo com seu ponto de vista, mas daí sair do Uno e partir para um Mobi não é negocio, alem do que é praticamente o mesmo carro, não digo que foi o seu caso

  • marcosCAR

    Porque o Kwid não emplaca (literalmente)?

    • Milton-GT

      Porque o pessoal percebeu que ele é um carrinho de baixo custo. O concorrente Mobi, vende bem, apesar de mais caro, porque entrega mais pelo preço cobrado. O Mobi tem acabamento melhor, tem opção de motores, tem mais espaço lateral, tem o charme da tampa de vidro entre outras coisas. Ele cativa quem vai vê-lo. Vi os dois carros pessoalmente, se tivesse que comprar um deles, eu não teria dúvidas em escolher o Mobi. Se bem que acho que ambos são carrinhos para a cidade e viagens curtas ou para uma pessoa solteira.

      • Marcelo Cordeiro

        Nossa, fiquei aqui me perguntando onde você encontrou acabamento melhor e charme no Mobi!!!!!!!

        • Milton-GT

          Comparando-o com seus concorrentes Up! e Kwid.

        • Antônio Luiz Cardoso

          Não há mulheres que gostam de feiúra? Há charme na feiúra. Há pessoas que gostam de viver perigosamente, dirigindo carros inseguros.

      • Rodolfo

        Meu Deus do céu…kkkk Charme naquele remendo de Uno mal feito…kkkk O carro tem péssimo aproveitamento de espaço… Cofre do motor feito pra caber um 4 cilindros. Poderia ter colocado desde o início um 3 cilindros e aproveitado o espaço restante para a cabine…

        Olha que eu gosto da Fiat, mas o Mobi é um carro que não vejo como defenter…kkk Eita coisinha feia aquele carro.

        Antes pecar pela simplicidade extrema ( a lá VW ) do que pela feiura… Deles, o mais acertado em termos de desenho é sem dúvidas o Kwid.

        • Milton-GT

          Eu não estou defendendo o Mobi, apenas estou dizendo o porque dele surrar seus concorrentes nas vendas.

      • Malvino Jose Moreira Junior

        Nessa categoria não tem beleza kkkk UP , MOBI ,KWID , QQ . Acho o que importa é a proposta do city car. E muitas pessoas não estão nem ai para aparência. Preferem se locomover em um veiculo simples , ao invés de encarar um transporte publico deficiente em varias cidades. E olha que estou vendo muita empresa utilizando mobi e kwid aqui no Rj.

        • Milton-GT

          É que em São Paulo, vejo muitos Mobi e Up! sendo usados como City Car. Kwid eu vi só um até agora e ele estava batido!

    • Gilberto DePiento

      Renault teve que segurar as entregas este mês por causa de dois recalls. Fora que no primeiro mês havia milhares de unidades emplacadas referentes à pré venda dos meses anteriores. Vamos ver como fica nos próximos meses, sem pré venda e sem recall.

  • Hoffmann

    Estão dando a imundice do Onix de graça nas concessionárias da Chevrolixo? Porque não é possível que ele venda tanto só por causa das suas poucas qualidades, tem que haver alguma vantagem imperdível para que quase 19 mil imbecis tenham saído de suas casas em novembro para comprar esse chorume putrefato.

    • Cesar

      Nada demais. Até diminuiu. Se lembra que a não muito tempo o gol vendia quase 30 mil por mes?

    • Fernando

      Para ignorantes como você, os pensamentos são limitados mesmo..
      Vende bem porque tem ré sincronizada, câmbio muito preciso e curto, tem motor com tuchos hidráulicos combinado com uma bobina para cada cilindro, bicos autolimpantes, avanço automático de ignição permitindo altíssima compressão, óleo 0W20 super fino, 8 válvulas com excelente torque em todas as faixas de rotações, suspensão macia GM, design, conforto, central multimídia top, baixo custo de reparabilidade, alta durabilidade, seguro com bom custo x benefício, excelente mercado, etc, etc,

      • Hoffmann

        Quem anda de Lixonix eu nem considero gente.

      • Lucas Campos

        Motor 8v com excelente torque em todas as rotações… parei de ler ai.

    • Paulo Freire

      Pessoa jurídica, nada mais.

  • Milton-GT

    Vendo o Fiat Uno em 41º lugar com 1096 carros vendidos me pergunto se a Fiat não parou de fabricar o carro errado. Penso que um Palio com um tapa no visual e no painel e com a atualização mecânica que foi feita no Uno, com suspensão mais firme, com opção de motores 1.0 e 1.3 seria candidato ao pódio. Fizeram cagada e agora vão ter que dar nó em pingo d´água para fazer o Uno ser mais atrativo.

    • Filipe Alberto

      O problema do Fiat Uno não é o carro, é o preço que está sendo cobrado pela Fiat. O carro é bom, mas a montadora acabou de mata-lo ao colocar o Argo no valor inicial de 43 mil reais.
      Se tirasse o MOBI e deixasse o uno, ai sim voltaria a vender mais. Mas pq fazer isso, se um carro pior da mais lucro né.

      • Milton-GT

        Não concordo com você porque o Uno custa mais barato que os concorrentes. O preço do Uno vai de R$ 43.990,00 a R$ 57.551,00 no Sporting 1.3 com todos os opcionais. Isso mostra que ele tem o melhor custo-benefício de sua categoria.

        • Filipe Alberto

          o Argo vai de 43.990,00. O uno deveria ter o preço do Mobi, basicamente isso. O carro é bom, só o preço que não ajuda mesmo, a Fiat fez o favor de matar o carro.

        • Lucas Campos

          Como um carro que tem preço de Argo pode ter preço competitivo? Por 57k você compra um Argo 1.3 que é infinitamente melhor que qualquer uno.

          • Milton-GT

            Você está comparando versões diferentes, entre comprar um Argo meio pelado e um Uno Completíssimo. O Argo 1.3 mecânico não tem o ESP nem como opcional e o Uno Sporting 1.3 tem, além de andar mais do que o Argo..

          • Lucas Campos

            Anda mais mas a diferença é mínima… e o Argo é infinitamente melhor que qualquer uno, além de ser seguro, mesmo sem ESP, o que o Uno não é. Uninho é uninho…

          • Milton-GT

            Eu não penso assim e acho sem sentido usar a palavra “infinitamente”, já que o Argo não consegue nem ser melhor que o Punto.

    • Rodolfo

      Sempre achei o Palio um carro superior ao Uno… Ele quem deveria ter recebido as atualizações que o Uno recebeu. Coitado ficou entregue as baratas até não conseguir mais manter um ritmo adequado de vendas. Uma pena.

  • Louco por carros

    Tem coisa errada:
    LixOnix com 18 mil unidades vendidas!
    Difícil saber se o povo que é burro ou a Chevrolet que é esperta.

  • haterXhater

    Torço pro Argo vender cada vez mais. Me divirto com queimação de língua, não tem explicação!

    • Kadu_CE

      Torço para que ele venda bem.

    • Irlan

      Ele deve chegar nas 6 mil unidades que a Fiat preveu no lançamento, nada mais que isso. Veja o Mobi que com mais de ano a venda, ainda não chegou nas 7 mil unidades que a Fiat prévia

  • Paulo Freire

    Engraçado o pessoal criticando o Onix, mas e o Gol? Chegou a vender 27 mil unidades num mês e era (e ainda é) um lixo, com caixa de vidro e motor vagabundo que vaza óleo, come comando e forma borra…

  • Ricardo Blume

    Onix vende “só” o dobro do segundo colocado. O ultrapassado, antigo e pouco seguro da GM é o modelo mais vendido do Brasil.

  • souza89

    Argo vendendo bem força a GM mudar de plataforma nos motores e até estrutural… também força a Ford e Hyundai a reavaliar o projeto, para quem procura zero é uma boa pedida… ganha todo mundo.

  • Matheus Santos

    No mercado brasileiro é assim : Quando o carro tira 0 estrelas no Latin NCap as vendas aumentam, vide Onix e Ka. Agora só faltam o HB20 e Argo tomarem zero e as vendas subirem mais.