Atravessar trechos submersos não é uma prática recomendável, mas às vezes é inevitável em nosso país, principalmente durante a época de chuvas. Diante de tal realidade, o CESVI ( Centro de Experimentação e Segurança Viária) avaliou a capacidade de transposição de alagamentos de 29 automóveis comercializados no Brasil. O índice classifica os veículos de acordo com os riscos de pane que cada um corre, por meio de estrelas que vão de zero até cinco.

A avaliação do CESVI leva em conta o risco de calço hidráulico e as possibilidades de danos a componentes mecânicos fundamentais. Foram analisados  sistemas de admissão e escape, cilindrada do motor, taxa de compressão, alternador, centrais elétricas, sensor de oxigênio, sensor de rotação do motor, unidades de controle e embreagem dos veículos listados. O Renault Fluence ficou com a melhor nota, enquanto os irmãos Palio Fire e Mille Fire obtiveram as piores.

O CESVI ainda voltou a divulgar dicas aos motoristas que precisarem atravessar áreas alagadas. Esse material já havia sido publicado pelo Autos Segredos e pode ser visto aqui. Confira abaixo a listagem com todos os veículos avaliados, do pior para o melhor:

Modelo Índice de danos em enchentes (estrelas)
Fiat Palio Fire 1,0
Fiat Mille 1,0
Chevrolet Celta 1,5
Chevrolet Corsa Hatch 1,5
Chevrolet Prisma 1,5
Chevrolet Onix Hatch 2,0
JAC J3 Hatch 2,5
Nissan March 2,5
Fiat Novo Uno 2,5
JAC J3 Turin 2,5
Renault Logan 2,5
Citroën C4 Pallas 2,5
JAC J6 2,5
Toyota Etios Hatch 2,5
Fiat Novo Palio 3,0
Suzuki SX4 3,0
Nissan Livina 3,0
Fiat Grand Siena 3,0
Volkswagen SpaceFox 3,0
Fiat Bravo 3,5
Nissan Versa 3,5
Ford New Fiesta Sedan 3,5
Peugeot 308 3,5
Citroën Novo C3 Hatch 3,5
Citroën C4 Hatch 4,0
Citroën C4 Picasso 4,0
Chevrolet Cobalt 4,0
Renault Duster 4,0
Renault Fluence 5,0

Foto | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos