A Volkswagem Amarok é finalmente convocada para o recall por conta do software que burla os testes de emissões de poluentes. O escândalo chamado de “Dieselgate” veio à tona em 2015 quando a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos emitiu um aviso sobre o caso. Estima-se que no mundo são 11 milhões de unidades envolvidas, no Brasil a fraude atingiu 17 mil unidades da picape Amarok.

Chassis

As unidades afetadas foram produzidas entre 03/12/2009 até 11/11/2011. Os modelos envolvidos são 2011 e 2012. Confira na imagem abaixo a relação dos chassis das unidades afetadas.

Solução

A marca fará a substituição do software fraudulento da unidade de comando do motor.

Atendimento

O reparo começará a ser feito no dia 3 de maio e o tempo médio para a execução do serviço é de 30 minutos.

Informações

Para mais informações, os clientes devem ligar para o telefone 0800 019 8866 ou acessar pelo site www.vw.com.br.

Ação coletiva

Na semana passada, o juiz Alexandre Mesquita, da 1ª. Vara Empresarial da Capital, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que cuida da ação coletiva impetrada pela Abradecont (Associação Brasileira do Consumidor e Trabalhador) contra a Volkswagen, mandou publicar no Diário Oficial do Estado os editais previstos no art. 94 do Código de Defesa do Consumidor, informando e convocando os proprietários lesados a participar desta ação coletiva.

Foto | Volkswagen/Divulgação