Volkswagen T-Cross
Projeção | Du Oliveira/Especial para o Autos Segredos

O Volkswagen T-Cross chegará ao mercado brasileiro em 2019. Como nossa reportagem antecipou em maio de 2017, o primeiro SUV da marca alemã a ser feito Brasil será produzido em São José dos Pinhais (PR). Para a produção do modelo na unidade, a marca fará um aporte de R$ 2 bilhões para a produção do SUV compacto. O valor faz parte do investimento de R$ 7 bilhões que a marca alemão programa para o Brasil até 2020. O Volkswagen T-Cross chegará ao Brasil no primeiro trimestre de 2019.

Volkswagen T-Cross
Foto | Volkswagen/Divulgação

Investimento

Do total investido, R$ 600 milhões são destinados ao desenvolvimento, testes e validação do produto e R$ 1,4 bilhão para ampliação e modernização da fábrica. O SUV compacto é construído a partir da Estratégia Modular MQB. No Brasil, a marca já produz Polo e Virtus a partir da plataforma MQB.

Exportações

O Volkswagen T-Cross produzido no Brasil será exportado para os principais mercados na região América do Sul, Central e Caribe que receberá o SUV compacto no primeiro semestre de 2019.

Visual

O Volkswagen T-Cross terá desenho da carroceria inspirado no Seat Ascona. As laterais são praticamente idênticas as do SUV da Seat. No dia 19 de janeiro publicamos projeções de como poderá ser o visual do inédito SUV compacto.

Dianteira

Na dianteira, o T-Cross terá linhas inspiradas no conceito T-Cross Breeze que deu às caras no Salão do Automóvel de 2016. Os faróis serão estreitos e nas versões topo de linha eles terão assinatura de LED. A grade dianteira do T-Cross terá formato parecido com a da nova geração do Jetta, porém, ela mesclará filetes e colmeias. A parte inferior do para-choque será bem parecida com o conceito do Salão com uma enorme entrada de ar em formato de colmeia. Os faróis auxiliares serão alojados nas extremidades do para-choque.

De lado

As laterais do Volkswagen T-Cross terão vincos na altura das maçanetas e na parte inferior das portas. Os para-lamas terão molduras de plástico que integram a uma saia lateral.

Volkswagen T-Cross
Projeção | Du Oliveira/Especial para o Autos Segredos

Traseira

As lanternas traseiras serão bem parecidas com as do conceito Breeze. A peça terá formato horizontal e serão iluminadas por LED´s. Assim como nos recentes lançamento da marca, as lanternas ficam destacadas numa régua destacada da peça. Logo abaixo, fica o abrigo da placa de identificação.

Siga nossas redes sociais

Tamanho

O Volkswagen T-Cross terá porte e medidas bem próximas as do Seat Arona. Então, podemos esperar que ele tenha 4,13 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,55 m de altura e 2,56 m de entre-eixos. Tamanho que o deixa páreo aos atuais concorrentes da categoria.

Motores

As versões Comfortline e Highline do Volkswagen T-Cross serão equipadas somente com o motor 1.0 TSI sempre associado ao câmbio automático seis marchas. O motor 1.0 TSI tem potência de 116 cv a 5.500 rpm e torque de 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm quando abastecido com gasolina. Já com etanol, a potência é de 128 cv a 5.500 rpm e o torque também é de 20,4 kgfm entre 2.000 e 3.500 rpm. O SUV também terá versões equipadas com o motor 1.6 MSI.