É comum entre os fabricantes automotivos testarem automóveis dos concorrentes. As vezes até mesmo modelos que nem foram lançados ainda são testados. A Fiat, por exemplo, testou o Dacia Logan assim que a Renault anunciou a intenção de produzir o modelo no Brasil. Na época o sedã foi testado por um bom tempo pelos engenheiros de Betim.

Isso inclui modelos que passaram por reestilização ou novos modelos que por não existirem semelhantes fora, são testados logo após seu lançamento. Hoje para ser ter uma ideia a Fiat testa nos últimos dias uma dezena de modelos da concorrência. Entre eles temos Peugeot 207 Passion, Volkswagen Voyage, Gol IV e V, Chevrolet Meriva, Vectra GT, Hyundai Tucson, Ford Fiesta, Toyota Hilux, Corolla, Mitsubishi L200, Effa M100 (esse flagrado em testes conforme fotos abaixo), entre outros modelos.

O problema é quando um fabricante anuncia a intenção de produzir um modelo, mas não o especifica, caso da Toyota que anunciou que irá produzir um hatch compacto na sua nova unidade no Brasil. Isso é uma boa tática, pois, mantém a surpresa entre os consumidores e impede que a concorrência se antecipe em conhecer o novo modelo antes de ele ser lançado.

Por isso, sem saber qual o modelo a Toyota irá lançar a Fiat se antecipa e aposta suas fichas em dois modelos, já que ela testa o Toyota Yaris e o Daihatsu Sirion (fotos acima), essa última marca pertence ao grupo Toyota. Como ainda ninguém sabe ainda qual será o novo modelo da Toyota, será que o chute da Fiat será certeiro? Agora só nos resta esperar o pronunciamento oficial do fabricante japonês para sabermos o final da história.


Fotos Marlos Ney Vidal/Autos Segredos