subaru_wrx_sti_1

Marlos Ney Vidal
Enviado especial

De São Paulo – Representada no Brasil pelo Grupo CAOA a Subaru quer alçar voos mais altos no Brasil. Para isso, ela convocou o experiente Flávio Padovan, executivo com passagens na Ford, Volkswagen e o Grupo Jaguar-Land Rover. Para marcar a nova fase a marca apresentou no Salão de São Paulo a nova geração dos sedans WRX e WRX STI, além de mostrar o conceito VIZIV 2. Além deles, a marca apresenta em seu estande os modelos de sua gama comercializados no Brasil.

subaru_wrx_1

WRX

O novo WRX alia o desenho esportivo e um potente conjunto mecânico. O modelo é equipado com um motor Boxer 2.0 turbo com injeção direta. O propulsor rende 268cv de potência e pode ser equipado com câmbio manual de seis velocidades e o automático Sport Lineartronic que conta com opção de troca sequencial por aletas no volante.

subaru_wrx

Nesta nova geração o sedan tem carroceria mais larga, chassi mais resistente, controle eletrônico de estabilidade com três modos de condução e o sistema de tração Symmetrical All-Wheel Drive.

subaru_wrx_sti

WRX STI

A marca afirma que a versão STI é um modelo moderno de alto desempenho e que tem elevada dirigibilidade e segurança.

O modelo é equipado com motor Boxer 2.5 com duplo comando variável que rende 305 cv de potência. O câmbio é manual de seis velocidades. O STI chega a 100km/h em apenas 5,2 segundos e tem máxima de 255km/h.

Com desenho moderno os destaques são o imponente aerofólio traseiro e as rodas BBS de 18 polegadas.

subaru_viziv_2_1

VIZIV 2

O conceito une vocação de um utilitário e a esportividade dos modelos Subaru. O VIZIV 2 de acordo com a marca representa a visão da marca para o futuro.

O modelo é equipado com sistema de propulsão híbrida que trabalha em conjunto com um motor diesel 1.6 turbi de injeção direta de combustível (DIT) já usada em outros modelos da marca.

subaru_viziv_2

O VIZIV 2 tem um novo sistema de tração permanente com motores traseiros independentes. Outra inovação é o sistema EyeSght composto por câmeras instaladas na dianteira que detectam com antecipação as condições de tráfego que aliado a sensores de 360 graus que permitem uma condução autônoma.

[photomosaic]
Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos