1878_kangoo-correios-1-edtdA Renault e o os Correios começam mais uma parte do programa de mobilidade elétrica no Brasil. Depois do projeto Curitiba Ecoelétrico e do Brasilia Ecomóvel. A Empresa Brasileira de Correios e Telégragrafos (EBCT) inicia nos próximos dias um teste com dois veículos elétricos Kangoo, em Brasília (DF) e em Curitiba (PR).

1878_kangoo-correios-4O teste tem prazo inicial de quatros e pode ser prorrogado por mais um ano. Os modelos elétricos são cedidos em comodato aos Correios. Na capital federal, os Correios contam com parceria com a CEB (Companhia Energética de Brasília), que instalou um totem para recarga do veículo.

A redução da emissão de CO2 nas atividades dos Correios é uma das ações previstas no Sistema de Gestão Ambiental da empresa, lançado no final de 2013 e composto por ações e metas para diminuir impactos ambientais causados pela estatal.

A meta dos Correios é reduzir em 20% as emissões de gás carbônico até 2020, prevista no programa global de redução de emissão de carbono do setor postal da International Post Corporation (IPC) —associação de 24 operadores postais na Ásia, na Europa e na América.

O Kangoo Z.E. é o primeiro furgão 100% elétrico, com zero emissão de CO2, disponível no mercado. A versão mantém as mesmas qualidades funcionais do Kangoo com motor de combustão interna, idêntico volume de carga (650 kg), e o mesmo padrão de conforto. O modelo é equipado com motor de 60cv e 23,06 kgfm. Sua autonomia é de 170 Km.

Fotos | Renault/Divulgação