A Peugeot conseguiu esconder o 208 por um bom tempo, mas na véspera de sua apresentação oficial o segredo foi desfeito. Imagens que vazaram mostram as linhas do compacto que se baseou nos 205 e 206 para reconquistar o mercado europeu e, em 2013, tentar obter o mesmo impacto que o 206 causou no mercado na época de seu lançamento.

O design é um dos pontos fortes. Ele faz uso do mesmo estilo lançado no 508 e já adaptado ao 308, caracterizado por um capô alto e grade frontal na forma de trapézio. Na lateral da versão duas portas que passa sob os vidros terminando na metade do vidro lateral traseiro lembra da coluna do 205 onde ficava o acesso ao tanque de combustível.

Totalmente revisto, o Peugeot 208 ficou 175 kg mais leve. E isso não é resultado apenas da do comprimento de 3,95 m, 7 cm a menos que o anterior, até porque o bom entreeixos de 2,54 m foi mantido e o porta-malas cresceu em 15 litros. , com 285 L. O hatch ainda esté 1 cm mais baixo. A redução do peso do modelo em 175 kg foi algo positivo, permitindo um melhor aproveitamento do combustível pelos novos motores.O interior ficou atraente e promete acabamento de mais qualidade. O quadro de instrumentos foi colocado numa posição mais alta que o usual, enquanto as saídas de ar condicionado e o sistema multimídia saltam do console central.

Os motores 1.4 e 1.6 usados no 207 – mesmos usados por aqui, onde ainda deverão ser mantidos por um tempo – serão substituidos por novos 1.0 e 1.2 litro de três cilindros. O 1.0 deverá render algo entre 75 cv e 100 cv, enquanto 1.2 pode chegar a 130 cv. Ainda haverão motores diesel com consumo de quase 30km/l. Para a versão GTI, prevista para 2013, será designado o 1.6 THP. Estes são detalhes que deveremos conhecer amanhã.Fotos | Peugeot/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter