O Nissan Kicks nacional já é produzido na fábrica de Resende (RJ). Para produzi-lo no Brasil, a marca fez um investimento de R$ 750 milhões, instalou novos equipamentos na linha de produção e treinou centenas de funcionários.

Lançado no segundo semestre de 2016, o SUV era importado do México. Com a chegada do modelo nacionalizado, o Kicks terá novas versões, incluindo uma opção manual que chegará ao mercado em agosto.

Produção

Para a fabricação do SUV, a Nissan treinou mais de 700 trabalhadores especificamente para a produção do Nissan Kicks. Os colaboradores da fábrica de Resende foram treinados para a perfeita instalação de equipamentos como a Câmera 360º com imagem integrada ao display do rádio, o Detector de Objetos em Movimento, os Controles Dinâmico do Chassi e Dinâmico em Curvas, o Estabilizador Ativo de Carroceria e o Controle Dinâmico de Freio Motor.

Global Pilot Line

Uma parte dos colaboradores foram treinados no Global Pilot Line, centro piloto das linhas de produção da Nissan, na planta de Oppama, em Yokosuka, no Japão, e também na fábrica de Aguascalientes, no México, onde o Nissan Kicks já é fabricado.

Equipamentos

A fábrica da Nissan em Resende recebeu mais de 150 novos equipamentos e novas áreas na linha de produção e na inspeção de Qualidade especificamente para atender ao Nissan Kicks brasileiro. Novos equipamentos permitem desde uma montagem precisa e segura da tampa do parta-malas e dos hacks do teto flutuante a calibração de sistemas de tecnologia avançada, como as câmeras 360º do Around View Monitor, tecnologia que oferece ao motorista uma visão 360º auxiliada por quatro câmeras, um sensor de estacionamento sonoro e luzes indicativas no painel.

Foto | Nissan/Divulgação