Defeito afeta funcionamento dos controles dos sistemas de airbag, cinto de segurança e encosto de cabeça ativo das unidades do Jeep Cherokee ano/modelo 2012
Jeep Cherokee
Foto | Jeep/Divulgação

O Jeep Cherokee é chamado para recall para análise e caso for necessário a substituição do módulo ORC, responsável pelo controle dos sistemas de airbag, cinto de segurança e encosto de cabeça ativo. O recall é continuidade da convocação feita em 8 de dezembro. Segundo a Fiat Chrysler Automóveis Brasil Ltda. (FCA), o agendamento já pode ser realizado e os reparos começam em 2 de abril.

Chassis

Ao todo são 2.329 unidades do Jeep Cherokee envolvidas no recall. Os modelos afetadas tem os números de chassis (não sequenciais, últimos seis dígitos) de 107403 a 193703. A marca diz que o tempo médio para o atendimento é de uma hora.

Falha

Uma eventual falha do módulo ORC pode acarretar no acendimento da luz espia no painel de instrumentos do veículo e inabilitar o funcionamento dos encostos de cabeça ativos em caso de colisão traseira. Nestas situações, há riscos de danos físicos ao motorista e ao passageiro do banco dianteiro.

Siga nossas redes sociais

Informações

Para mais informações, os clientes devem ligar para a Central de Serviços ao Cliente Jeep (0800 703 7150) ou ainda pelo site www.jeep.com.br.