novo-ford-fusionA Ford convoca mais um recall para o Fusion. As unidades envolvidas no chamado foram produzidas entre 11 de maio de 2012 até 24 de agosto de 2013. O atendimento teve início no dia 29 de outubro de 2014.

Confira na imagem abaixo a relação dos chassis envolvidos:

recall_ford_fusion

O motivo da convocação é um defeito no módulo de controle dos sistemas de segurança (“RCM”). Algumas unidades podem apresentar, ao longo do tempo, curto circuito no módulo “RCM”, afetando o seu desempenho.

Segundo o fabricante caso ocorra um curto circuito no módulo “RCM”, a lâmpada de advertência do air bag permanecerá acesa no painel de instrumentos. Dependendo do local do curto circuito, os sistemas de segurança que usam informações do módulo “RCM”, como airbags, pretensionadores dos cintos de segurança e cortinas laterais, podem não funcionar como esperado, acentuando-se o risco de danos físicos aos ocupantes do veículo em caso de acidentes.

O curto circuito no módulo “RCM” pode também afetar o controle de estabilidade, cuja luz de advertência permanecerá acesa no painel de instrumentos, sendo que o mau funcionamento deste componente pode resultar em acidentes fatais ou graves com possíveis danos físicos aos ocupantes do veículo e a terceiros.

De acordo com a Ford caso o consumidor constate, no painel de instrumentos, o acendimento permanente da luz de advertência do air bag  e/ou do controle de estabilidade  , haverá a substituição gratuita do módulo “RCM”. Na hipótese de ambas as lâmpadas permanecerem apagadas após ligada a ignição, o módulo encontra-se em condições normais de funcionamento, sendo que em tal situação o consumidor será, oportunamente, comunicado para realizar a substituição gratuita do módulo “RCM”.

Caso a luz a luz de advertência de um dos componentes acima permanecer acesa no painel de instrumentos. O consumidor tem que entrar em contato imediatamente com o Centro de Atendimento Ford (CAF) pelo telefone 0800 703 3673 ou um Distribuidor Ford de sua preferência para verificar se seu veículo está envolvido nesta campanha. Caso confirmado, será agendada a realização do serviço.

O tempo médio para reparo é de 1 (uma) hora e 6 (seis) minutos para substituição do módulo “RCM”.

Foto | Ford/Divulgação