Flagra: Confira fotos e vídeo do Fiat X6H que chega em maio

197
5795

O Fiat X6H ainda está em testes nas ruas por mera formalidade. O novo hatch já está pronto e todas as suas homologações já foram feitas. Até mesmo o nome já está definido, afinal, manuais tem que ser impressos e as logos do carro precisam ser confeccionadas. Porém, o batismo segue desconhecido. O modelo inclusive já é produzido e o lançamento oficial será em maio.

Para comemorar o dia do jornalista e o aniversário de oito anos do Autos Segredos fomos atrás das imagens e vídeo que ilustram esse post. Ressalto que não desistimos de trazer a vocês, nossos fieis leitores, imagens do Fiat X6H sem camuflagem, será uma missão difícil, mas, vamos fazer o possível. Aproveito para agradecer a todos que nos visitam desde o dia 7 de abril de 2009, quando fizemos nossa primeira postagem. Tivemos nossos tropeços e acertos, acredito que mais acertos. São oito anos de aprendizado, sempre tentando trazer informações relevantes para todos os leitores. Obrigado a cada um que dedica algum tempo do seu dia para nos visitar. Vamos ao Fiat X6H que é o assunto do momento.

Porte

Pelas fotos e vídeo nota-se que o Fiat X6H não será tão grande. O atrativo segundo nossas apurações será o bom espaço interno e o porta-malas maior que o dos concorrentes. A marca também aposta no desenho esportivo do modelo para atrair os consumidores.

Inspirado no Tipo europeu, o X6H terá o teto com caída acentuada na traseira. O bom espaço interno se deve ao pequeno balanço traseiro, a caixa de roda está praticamente no fim do carroceria.

Visual

Na dianteira, as linhas gerais lembram as do modelo europeu. Entretanto, a versão nacional tem novo capô que se encontra com a grade, para-choque e faróis. A grade dianteira tem praticamente o mesmo formato, mas os elementos são em formato colmeia. Na versão Sporting, os faróis terão máscaras negra e as grades superior e inferior serão pintadas em preto.  Os faróis auxiliares são integrados a grade inferior.

Na traseira, as mudanças em relação ao Tipo europeu estão na tampa traseira. A tampa do porta-malas será mais horizontalizada e a placa de identificação foi deslocada para o para-choque. Aliás, a peça também ganhou novo desenho e refletores em formato de bumerangue. Outra mudança é a porta traseira que não invade a coluna C como no modelo europeu. As lanternas também têm formato diferente, no X6H elas são mais finas na parte que se estende para a tampa do porta-malas. Na parte inferior da lanterna, há um vinco na tampa fazendo jogo com as luzes de posição.

O Fiat X6H é inspirado no Tipo europeu, porém, com pequenas mudanças. As laterais são praticamente idênticas e com as mesmas estampagens. A exceção é a porta traseira que tem novo recorte. Já a versão Sporting, terá molduras nos para-lamas.

Versões

Como antecipamos no dia 15 de novembro, o hatch será vendido nas versões 1.0 Attractive, 1.3 Attractive, 1.8 Essence e 1.8 Sporting. O hatch matará Palio e Punto que deixará de ser produzido neste mês.

Motores

O motor 1.0 FireFly rende potência de 72 cv e torque de 10,4 kgfm (gasolina) e 77 cv e 10,9 kgfm (etanol), nessa opção o câmbio será o manual de cinco velocidades.  Já o 1.3 Firefly tem potência de 101 cv e 13,7 kgfm (gasolina) e 109 cv e 14,2 kgfm (etanol). No caso do propulsor 1.3 os câmbios serão o manual de cinco velocidades e automatizado Dualogic também de cinco posições.

O hatch ainda terá o motor 1.8 E.torQ EVO, o propulsor passou por diversas mudanças e fez sua estreia no Jeep Renegade 2017.  O propulsor flex rende 135 cv de potência com gasolina a 5.750 rpm e 18,8 kgfm de torque a 3.750rpm. Com etanol, os números sobem para 139 cv a 5.750 rpm e 19,3kgfm a 3.750 rpm. Com as mudanças, o motor 1.8 perdeu o tanque de partida a frio e ganhou o sistema Start&Stop. As versões 1.8 contarão com os câmbios manual de cinco velocidades e o automático de seis marchas.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos
Projeções | Du Oliveira/Especial para o Autos Segredos

  • Victor

    Carro tá banheirão total, parece uma bolha sobre rodas. Típico carro baixo custo que precisa ser esticado para todos os lados para atingir uma faixa ampla do mercado.

    Espero que o acabamento seja bom, e não cometam o mesmo erro do Palio e Grand Siena com aquele acabamento de plástico Estrela.

    • Lexfamulus

      E bem estrela mesmo. Tive um Palio Sporting Dualogic 12/12, que foi meu por quatro anos e 78.000km. O design interno ficava, na minha opinião, alguns bons degraus abaixo de HB20, New Fiesta, Onix e companhia. Até o conjunto do Fiesta antigo me parecia visualmente mais agradável. A qualidade do plástico e o acabamento também eram ruins (rebarbas e etc). Aquela “chapa” de plástico que ia abaixo do volante e servia para cobrir o quadro de fusíveis era especialmente sofrível.
      Pelo menos era relativamente resistente à “grilos”, uma vez que minha unidade foi apresentar algum ruído interno só após os 50.000km.
      No que diz respeito aos pontos positivos (na minha opinião), eu gostava bastante dos bancos (superiores em qualidade de estofamento em relação ao meu atual 208, embora um pouco inferiores em conforto) e do quadro de instrumentos da versão sporting.

    • Thiago Maia

      O novo Seat Ibiza também tem balanço parecido e ninguém fala nada de banheirao

      o problema aí é outro: quero ver preço e conteúdo

      • Tango

        Nem de longe o balanço é parecido. Já que as rodas foram colocadas mais na ponta do carro aumentando assim o entre-eixos em 10cm.

  • Vanderley Almeida

    Acredito que será um produto a altura ou superior a concorrência. Terá uma faixa de preço bem elástica.

    • Victor

      Sim! Entre caro e exorbitante!

      • Vanderley Almeida

        Com certeza! hahaha

  • Marcelo Cordeiro

    Não acredito que essa intenção da FIAT de abarcar vários segmentos com o mesmo veículo, apenas modificando motorização e acabamento venha a lograr êxito. A versão topo de linha sempre será comparada à versão de entrada, de modo que d esestimulara a compra pelo consumidor. A FIAT tem um problema sério em posicionar seus veículos no mercado brasileiro, víde o caso do finado Línea, um bom carro que foi guindado a segmento do qual não pertencia e que pagou caro por isto. A FIAT não aprende!

    • Tommy

      O foco da Fiat TEM que ser o Onix, ou vai minguar nas vendas, não adianta colocar esse carro pra concorrer com o Polo como compacto ”premium” que não vai rolar.

      • rpl

        Acho que em porte, proposta e preço, o competidor principal desse carro será o Sandero.

      • NORDSK

        Mirando no Onix, mas não esquecendo que tem Sandero e HB20 que também vendem bem.

    • Eli Rarvor

      Dane-se o andar de cima, esta é a cartada da FIAT para vender bem, assim como na Italia, por aqui pode dar certo, e afinal, se vender 300 destes carros na versão topo por mês já será um sucesso.

      Quem compra um GOLF GTi não se incomoda em ver que há um GOLF 1.0 também.

      Se quiser exclusividade tem Audi S3 ou RS3 para isso.

      • Luconces

        Entendo seu ponto mas não deveria ser assim.
        Como mencionei deveria vir com motores 1.3 e 1.8

        Deixaria versões mais básicas para o Uno.

        Apesar de vender várias versões de um mesmo carro ser economicamente viável, a imagem que se passa não é das melhores.

        Você mencionou o Golf, de outra categoria, outra faixa de preço que esse “corte” de versões ou motores não importa pois até o 1.0 é turbo não?

        Mas pega um Sandero por exemplo, simples e pelado desde a versão de entrada mas tem a versão RS. Coisa linda? Sim!

        Mas um Sandero RS sempre vai ser um Sandero.

    • Mauro Moraes

      A Chevrolet tem o Onix atuando desde o segmento de Mobi, up! e HB-20 até Fiesta e Punto. Por isso é líder. É de se esperar que as outras montadoras enxuguem suas linhas e sigam essa receita também.

      • NORDSK

        O segredo do Onix, é que a GM soube dar a ele uma aparência de carro grande, mais largo, mas se você comparar as medias internas, vai ver que ee é praticamente do mesmo tamanho de HB20, Gol, KA e bem menor que o Sandero.

        • G.Alonso

          É verdade.

        • Rafael Lima

          HB20 é bem mais apertado

          • wagner

            Verdade, HB20 é tão apertado quanto um Up na traseira.

          • Rafael Lima

            Eu acho o UP mais folgado que o HB20, me lembra muito o espaço do KA

          • Soriani B.

            Sinceramente, na traseira achei o up com mesmo espaço do Gol para as pernas mas o teto mais alto e vidros maiores deixam mais “arejado”.

          • Portuga Goleta

            Andei no banco de trás dos dois carros com o mesmo motorista (no caso meu pai) e o HB20 era mais espaçoso, não muito, mas era. O Onix era maior que os dois, mas também nada muito vantajoso, mas dava pra notar a diferença.

    • CorsarioViajante

      Onix faz isso e é o mais vendido.

    • Luconces

      Exato a meu ver manteria o X6H como um carro mais premium. Motores apenas 1.3 ou 1.8

      Deixa o Unão se matando no papel de carro mais básico.

      Lançar esse carro com motor 1.0 não vai ajudar na imagem não.

      E como mencionaram aí em cima, pelo visto vai ter versão sem o adesivo preto na coluna B, tristeza.

      • Yan Oliveira

        O que a Fiat quer é um carro com volume de vendas. Se manter o carro como premium, ela não consegue isso.

        • Luconces

          Pode fazer isso com outro modelo, criar versões do Uno por exemplo.

  • Davyson Costa

    Sei lá, mas parece que vem trambolho por aí. Infelizmente 🙁

    • marc

      Eu espero coisa boa, agora o preço..Sei que não será dos mais convidativos, ainda mais a 1.8 Sporting

  • Jonas Lemm

    Flagra é ótimo.. com hora combinada, o carro camuflado praticamente posando pro vídeo … rs

    • Mardem

      Teve até paradinha na saída pro Marlos focalizar bem o carro! É um ótimo jeito de gerar um buzz sobre o futuro lançamento!

      • G.Alonso

        E mostrar vários detalhes também. Atrás dos adesivos colados no farol está um “esticadinho” como existe no Mobi, além de esconder a parte que terá os LED’s (na última foto). Realmente esse é o melhor marketing, a expectativa, e se a Fiat está fazendo isso é pq está com um produto que chamará a atenção quando for lançado.

  • CorsarioViajante

    Este carro e o Polo vão balançar o segmento dos hatches melhorzinhos. Lançamentos importantíssimos para as marcas, devem estar esquentando a cabeça pensando em versões e preços. Quem lançar antes terá mais destaque mas também dará as cartas abertas para o concorrente. Vamos ver o que vem.
    Sò uma coisa que achei curiosa: o balanço traseiro é muito curto, mas o dianteiro bastante longo, criando uma sensação estranha. Sò eu fiquei com isso na cabeça?

    • NORDSK

      Só fico imaginando uma coisa;que as versões mais caras desses dois carros vão sofrer com essa atual onde de SUV, o que pode levar as duas montadoras a não oferecerem versões muito completas, inclusive as esportivas. Num cenário de preços de 65 a 70 mil, o cara já começa a crescer o olho para os SUVs mais baratos, isso é quase uma certeza.

      • Diego Sangi

        Concordo c vc, e ainda digo mais, esse carro terá q trazer muita coisa para custar apenas 10 mil a menos q um renegade (com o mesmo conjunto mecânico), e isso ficando dentro da fca apenas.
        Triste esta nova realidade, onde compactos chegam a 70mil

      • CorsarioViajante

        Olha, este é um bom ponto que você levantou! Hoje é incrível como o mercado está embolado na faixa dos 60 – 80 mil!

        • invalid_pilot

          Pior que esse bolo basicamente são veículos compactos.

      • Netovsk

        Acredito que esses carros vão ficar espremidos na faixa dos 49-69k.

  • bedotRJ

    Esse contorno de lata excessivamente grosso em torno do vidro deixa o carro com cara de projeto de baixo custo. Muita lata prá pouco vidro. Espero que consigam caprichar em outros detalhes para que o carro não pareça uma involução do ainda belíssimo Punto, de 2007.

    • Mardem

      Cuidado hein…
      Eu sempre menciono essas portas grotescas e vem um monte de maníacos me apedrejar! Esteja preparado! Hahahah

      • radioactive

        Os “argumentos” são sempre os mesmos e na maioria das vezes eles sequer leem o que foi dito. Só ver meu comentário acima rsrs

    • Franco da Silva

      E o balanço dianteiro maior que sedã médio?! Já imagino o pesadelo de dirigir isso…! Se o Punto já raspava em tudo…

      • Edilson

        Eu tbm reparei nesse detalhe!

      • Milton-GT

        Sim, eu tenho um Punto e ele raspa se eu sair rápido da garagem do meu Prédio. Mas pelo vídeo me parece que o X6H corrige esse problema

    • radioactive

      Trata-se apenas uma reforma extensa sobre o Palio atual, uma leitura Fiat de um compacto atual, HB20 como inspiração. Portanto, não tem como este carro ter tamanho, acabamento, qualidade construtiva, muito menos qualquer estamparia ou característica similar à do Tipo europeu, porque o X6H não tem NADA em comum com esse carro. A única coisa que o Tipo forneceu ao X6H foi a family-face da Fiat, mais nada.

      Eu não entendo a insistência do Autossegredos nessa historinha de “Tipo abrasileirado”, em falar que o carro terá apenas “pequenas mudanças”. Nem do mesmo segmento do Tipo esse X6H vai ser… Qual a dificuldade de falar simplesmente “O X6H é a resposta da Fiat a compactos como HB20, Ka e Onix, tendo o design inspirado no irmão maior Tipo, vendido na Europa.”? Mas não, prefere ficar nessa conversa fiada…

      • Verdade.

      • Felipe

        E pq vc lê e comenta aqui?

        • radioactive

          Porque é um espaço livre e comenta quem quiser.

      • Lauro Agrizzi

        Putz. Viajou na maionese. O cara tem bola de cristal ou participou do projeto, pois antes do veículo ser lançado já sabe que é uma merda.

        • radioactive

          Eu não falei nada sobre o carro ser bom ou ruim, falei que não tem nada de Tipo europeu nele, o que é óbvio só de olhar pra ele e ler a respeito. Só isso. Acho até que o X6H será um bom carro e venderá bem. O problema aqui é que tu não sabes nem interpretar um texto e quer questionar os outros…

        • clearboxer

          Quem viajou foi você, que não soube nem ler o que ele disse e ainda vem com esse papinho de bola de cristal… pateta

      • Fabricio Barcelos

        Concordo contigo! É um pálio reformado!
        Eu estava achando que o tamanho dele era mais para um punto, mas com esse video ficou claro o tamanho!
        É sim um Palio reformulado!

        • Milton-GT

          Não concordo pois ele é do tamanho do Punto externamente e maior internamente.

          • clearboxer

            A impressão que fica no vídeo é de um carro do porte do Palio, inclusive já sabemos que a base é a mesma (Latam = 326).

          • Rômulo Júnior

            Vdd, também tinha visto um rodando.aqui camuflado em Pernambuco e achei ele do mesmo tamanho do palio e não sai da minha mente q ele se trata do novo palio.
            E pelo nome x6h, o 6 se refere às restilizações q o palio teve na sua história,contando com essa nova aí no video,vai ser palio mesmo então. Kkkkk

          • wagner

            Falou!

          • Milton-GT

            Primeiro que a base não é a mesma do Palio, segundo que pelas medidas divulgadas ele é do tamanho do Punto. O Punto é uma carro muito maior do que o Palio, sei disso porque tenho os 2 na minha garagem. Inclusive na direção, o Punto se comporta como um carro médio enquanto que o Palio é o mesmo que um Onyx, HB20, Gol, Ka e etc…

          • clearboxer

            Deixe de ser teimoso, já foi divulgado que o X6H usa a plataforma Latam, que é a 326 com entre-eixos maior. Isso eu nem vou discutir, porque a Fiat só tinha duas opções: esticar a 326 ou simplificar a Small Wide, e obviamente escolheu a opção mais simples e barata.

            De resto, eu sei que o Punto é maior e mais refinado que o Palio em todos os aspectos. Justamente por isso, eu tendo a achar que o X6H não vai ser melhor que o Punto tecnicamente, pois se fosse para isso acontecer, a Fiat faria esse carro sobre a Small Wide, que nada mais é que a evolução da Gamma que o Punto usa.

          • Tango

            LATAM leia-se plataforma do Grand Siena com novo nome. Poderiam ter usado a plataforma do Punto um carro com dirigibilidade muito boa.

          • Milton-GT

            O que foi divulgado é que a plataforma Latam é nova, foi projetada especificamente para este carro. A não ser que você trabalhe na Engenharia da Fiat, o que você tem é somente sua própria opinião. Portanto não considero “achismos” de leigos como você, como verdade.

          • Thomas Porto

            O próprio Autossegredos, assim como o finado Carplace já disseram que Latam = 326 esticada e modernizada. Acreditar que a Fiat ia criar uma plataforma do zero somente pra fazer X6H, X6S e um SUV exclusivos da América Latina é de uma inocência que beira o infinito. Seu problema é que “verdades” só servem as suas e “achismo de leigo” é como você rotula aquilo que não é sua verdadezinha. Por essas e outras que a sua infantilidade e arrogância já são famosas nos fóruns automotivos por aí. Prefere dar xilique feito um menino mimadinho e desqualificar os outros do que argumentar.

          • Milton-GT

            Eu também li essas reportagens e lá está escrito que é uma nova plataforma. Ingênuo é você. Moleque é você. Infantil é você. Arrogante é você. Menino mimadinho é você. E desqualifico sim, seus comentários. Ponto Final. Nem adianta responder porque não vou ler.

          • Thomas Porto

            Isso bebê, dá mais xilique e comprova o que eu disse, vai…

          • Soriani B.

            Você tem um Punto Chevrolet completo sem airbags e um Palio Fire da sua filha. O pessoal está falando do novo Palio 326. Deixa de ser mala.

          • Milton-GT

            O novo Palio 326 não tem muita diferença do Palio Fire, é só um pouquinho mais largo, mas tem a mesma mecânica, direção e cambio do Palio Fire, inclusive o comportamento dinâmico é semelhante. E mala é a senhora sua mãe. Se não concorda com meus comentários, rebata com argumentos e não venha com insultos, pois isso só demonstra a sua infantilidade e a sua ignorância.

        • Sondrio

          A percepção que esse carro, mesmo camuflado, é maior que o Palio é nítida. Não se discute. Por outro lado, pelas projeções que aparecem aqui e em outros sites, parece que o carro vai passar uma ideia de tamanho ainda maior, principalmente no sentido transverso. Tudo indica que esse carro vai impressionar positivamente, principalmente se comparado com a concorrência direta.

      • Milton-GT

        Você não deixa de ter razão, do Tipo ele só tem a inspiração do desenho, acho mais que ele é uma evolução do Punto, mesmo porque os carros de uma marca evoluem, nunca regridem, porque sempre a geração passada serve de base para a próxima, assim a Fiat só pode fazer um carro melhor do que o Punto, nunca pior, o que afinal é bom para o mercado.

        • radioactive

          Já tivemos exemplos de sucessores regredindo em relação ao antecessor, como Agile/Montana II em relação a Corsa C/Montana I. Portanto eu não ponho minha mão no fogo, rsrs…

          No campo das coisas que se tem certeza, está o fato do X6H usar a plataforma LATAM, uma versão modernizada e com entreeixos alongado da 326 do Palio lançado em 2012. É uma plataforma relativamente recente (2012), derivada da plataforma do Panda.
          Porém, é menos refinada que a SCCS/Gamma, surgida em 2005 no Punto e Corsa D europeus, a mesma usada no Punto/Linea brasileiros, mas tendo elementos do Idea e Stilo na suspensão. Atualmente atende pelo nome de Small Wide, presente em carros como Renegade, Compass, Toro, 500X e Tipo.

          No campo das especulações, fica a dúvida do que seria melhor: um X6H feito sobre a LATAM (baseada na 326, por sua vez baseada na do Panda), ou um X6H baseado numa Small Wide simplificada (baseada na Gamma)? Ou melhor, o X6H seria melhor como “Palio melhorado” ou como “Tipo piorado”? Sinceramente eu não sei. Só sei que GM, Ford e Hyundai usaram plataformas de Sonic, Fiesta e i20 ao criarem Onix, Ka e HB20, enquanto o X6H e novo Gol vão usar plataformas de subcompactos, Panda e Up. Pra saber o que isso quer dizer na prática, só aguardando a chegada desses lançamentos…

          • MJAB

            SCCS = Small Common Components Systems
            Projetado pela Fiat em Turim, financiado em parte pela Opel (GM Europe).
            Fiat Doblò europeo 500L). Deste então derivada da versão para SUVs (Renegade, 500X, Toro, Compass).
            Eles têm sido usados para novas versões de diferentes materiais.

      • Antonio

        Mas o resultado a gente pode concluir, vai ser um Palio G3 vamos por assim dizer.

        • Thiago Maia

          claro que não

          o Palio é.pequeno, como são os compactos de entrada brasileira, entre.os segmentos A e B europeus

          se o carro cumprir a.expectativa de tamanho, estará mais para Punto mais largo

          • radioactive

            Claro que sim, é só ver o vídeo, fica claro que o X6H tem o porte do Palio atual. Nada mais natural, visto que o X6H usa a base dele com entre eixos maior apenas.

            Inclusive vi o carro em testes várias vezes em BH, o porte é exatamente o mesmo do Palio, nada muito maior que um HB20, e parece menor que Onix e Sandero, por exemplo.

          • Thiago Maia

            Não dá pra saber.pelo vídeo

            Aparenta mais largo e perto dos 4 metros

            caso voce.esteja correto, a Fiat fez uma besteira com o mobi

            de uma coisa a gente.sabe: esse carro terá.de ser um.hb20 da.fiat, seja do mesmo tamanho – como você.você . diz – ou mais espacoso com 4.metros

            a fiat precisa vender e.torna-logo compacto premio não trará vendas – veja o caro Fiesta!!!

          • Thiago Maia

            O certo era não ter.mexido no Uno(apenas no motor) e ter permanecido com ele como carro de entrada.

            A linha da Fiat seria

            Uno( sem o facelift)
            Fiorino
            X6H
            X6S
            Strada (com facelift e.completa renovação interna e motor 1.3 firefly)
            X6U ( Crossover brasileiro do tamanho do 500L e mais barato.que.o renegade)
            Toro

            500 abarth(importado)
            +
            Palio até as vendas minguarem e sair de linha
            Grand Siena idem

            saída de.linha imediata dos outros produtos

          • Luconces

            Sim, a meu ver poderia ser:

            Mobi – entrada; para o povão

            Novo Uno – fazendo papel de Palio com 1.0, 1.3 mais os câmbios atuais.

            X6H e X6S – 1.3 e 1.8 apenas

            Strada – segue a vida

            Toro – segue a vida

            Journey – uma Toro cabinada

            Palio/Punto seriam eliminados de vez.

          • Soriani B.

            Mobi para o povão? O povão quer carro que caiba 8 pessoas no banco traseiro. O Ônix mostra bem isso com sua largura maior que o costume. Mobi para povão só se o governo o incluir no Bolsa Família.

          • Luconces

            Kkkk
            Bom, é o que é!
            Mas entendo seu ponto!

      • Luciano Lopes

        E todos citados acima são de baixo custo.

    • Diego

      Ctz que​ é baixo custo, mas os itens de segurança e conforto vão elevar o preço e muito!

      • Milton-GT

        Eu também tenho certeza, mas de que o seu comentário é que é de baixo custo.

    • M. Adrian

      Se você se refere ao vidro traseiro, isso é apenas camuflagem. Com certeza o vidro é maior.

    • Mario

      Esse é o segredo mais bem guardado da Fiat dos últimos tempos! A um mês do lançamento, nenhum vazamento de imagem sem a camuflagem.

    • Breno Lima

      Eu comprei o meu Punto SP 1.6, 15/15, com kit emotion 1 (efeito night design, etc), com 6 meses de uso em Julho de 2015. Sinceramente? Não vou vendê-lo tão cedo. Gosto do carro, muito confortável e ótima posição de dirigir, quem tem sabe. A mecânica realmente está atrasada, bebe um pouco, etc.. O Design continua batendo muitos modelos novos por aí… Vou ficar tranquilamente mais uns 7 anos com ele. Não sou de trocar de carro toda hora. Estou rodando 450 km por mês, e vai aguentar bem todos esses anos, espero. Mas a Fiat poderia ter mantido o nome Punto nesse novo modelo viu.. New Punto poxa… rs.. mas fazer o que…

  • Mardem

    É um Sandero/Onix da Fiat. Não tem o que se esperar de muito especial desse carro…
    Aparentemente, ele não será demoniacamente feio como o Mobi, mas essas portas com um monte de lata e quinas arredondadas não negam que se trata de um projeto barato para os desafortunados do terceiro mundo, ou jabuticaba, se preferir.
    Tomara que ele ajude a Fiat a sair do buraco em que ela se encontra no mercado brasileiro…quem sabe assim ela comece a trazer os projetos europeus de volta!

    • NORDSK

      Foi mais ou menos o que fez a Fiat italiana com o Tipo hatch em relação aos concorrentes médios, ou seja , manteve dimensões similares, mas simplificou no acabamento.

      • Mardem

        Mas o Tipo ficou “garboso”, é simples mas não é pobre. Já o X6H, pelo que mostrou até agora, será bem padrão 3º mundo mesmo. Eu preferia o Tipo autêntico, mas eu nasci abaixo da linha do equador…

        • Diego Sangi

          Esse carro vem para desbancar o gol, ônix, sandeiro, fox…
          Não precisa muito p isso.

          • NORDSK

            Gol já é carta fora do baralho, vende mais para frotistas e as versões que vende no varejo são as de entrada bem baratas. Agora, as outras certamente sentirão a concorrência.

          • Rafael Lima

            Um dia desses vi num sinal um Highline iMotion, não duvide da maluquice do Brasileiro

          • Soriani B.

            As versões top de Gol, Voyage e Fox têm descontos agressivos, por isso podem ser interessantes para quem já entrou na concessionária.

          • Ernesto

            Exato! A VW sempre trabalhou com bons descontos.
            O pessoal tem mania de falar de preço de tabela, mas sentando com o vendedor, sempre há desconto.

        • wagner

          Segmentos diferentes meu amigo.

    • G.Alonso

      Pois é, sou candidato a ter um, estou esperando somente o lançamento e os primeiros meses para quaisquer defeitos das primeiras unidades já estejam corrigidos. Sobre os projetos europeus, a Fiat ainda da essa abrasileirada, repare no Punto, as janelas tem o recorte vincado, enquanto aqui elas tem o mesmo arredondado como no X6H, o que não é uma exclusividade nossa, já que no mercado indiano ele é assim também. Mas, espero que como um todo o mercado evolua e possamos ter por aqui os mesmos carros que rodam na Europa, que a nova política automotiva que virá traga resultados reais para nós consumidores.

      • Rafael Lima

        Eu to mesmo esperando as versões com AT6 e motor 1.8

  • rpl

    Esse Sandero italiano cada vez mais me parece um profundo face-lift em cima da carroceria do Punto. Ao menos coberto, as proporções são muito, muito parecidas.

  • Artur

    As linhas estão bem parecidas com a projeção. Só não tenho certeza em relação às entradas de ar no parachoque dianteiro.
    Vai ficar bonitão hein! Os haters vão pirar! Rsrs

    • Tango

      Tipo você com o Polo?

  • CaioVictor681

    Parabéns pelo flagra em alta definição companheiro! Sem dúvida foi o melhor e mais detalhado de todos os outros já produzidos.

    Neste vídeo dá pra se ter uma noção das motorizações de cada um deles, a verificar pela aparência dos carros:

    1º: Attractive 1.3
    2º: Attractive 1.3
    3º: Attractive 1.0
    4º: Attractive 1.3
    5º: Attractive 1.0
    6º: Sporting 1.8
    7º: Attractive 1.3
    8º: Essence 1.8

    Como se pode ver, chuto eu que tais unidades 1.0 assim o sejam pelo fato de a coluna B estar com adesivos de camuflagem.
    Já as versões 1.3 se diferenciam pelo fato que a mesma coluna B já está pintada de preto, sem camuflagens.
    Versão Sporting 1.8 (HFB0021), pelas rodas em aro maior, e pela quantidade extra de camuflagem nos para-choques, na lataria em volta das maçanetas e no espelho retrovisor, além de a mesma ter desenhos diferentes.
    E por fim, a versão Essence (HFB0158), por ter a coluna B preta, e rodas em aro maior que as versões 1.0 e 1.3.

    Assim como ocorre no Uno, as versões básicas de 1.0 e 1.3 terão como opcional os retrovisores externos com repetidores de seta, enquanto as versões superiores, neste caso com motor 1.8, já terão o item de série.

    • NORDSK

      Você é bom observador.

    • 1.0 aspiração natural nem deveria ter entrado.

    • Luconces

      Bela observação!

      Isso me lembra meu irmão que trabalhava na GM na época de Cobalt e nova S10, ele trazia os carros para casa todos camuflados e era legal poder ver antes do lançamento!

      Mas a GM comia bola e cobria tudo do carro menos as marcas em baixo relevo da marca nas lanternas!

      Avisei meu irmão que deu o toque interno, ai abriram as lanternas e cobriram com fita isolante onde marcava a marca…

      • CaioVictor681

        Ele trabalhava dirigindo os protótipos? Deve ser bacana. Interessante poder examinar de perto as linhas e o interior do carro antes do lançamento!

        • Luconces

          Ele era engenheiro mesmo!

          Mas como tinham os desenvolvimentos ele podia agendar o uso e dar sugestões para mudar… Mas a ergonomia das portas que todos que dirigimos reclamamos só mudaram nessa nova estilização.

          Era bem bacana, ele trouxe o Cobalt, a nova S10 e o Cruze.

          Camaro ele conseguiu por um dia para rodar na região de SBC apenas!

  • marc west

    Não deveriam ter cortado o filme na hora que o Sandero sai. Assim poderíamos comparar o porte dos dois. De qualquer forma, parabéns pelo aniversário do site!

    • Luconces

      Pela fila indiana formada deu para perceber que a diferença de tamanho não é tanta assim!

  • francis

    A Fiat está precavida dessa vez, muito papelão pra disfarçar as linhas, e e essa embalagem psicodélicas de camuflagem (que em alguns casos vai até na roda de liga) disfarçam bem, parabéns pessoal de Betim….

  • Vilker

    Parabéns por mais um ano. Vc sabe q te acompanho por esses 8 anos. Parece q a Fiat aprendeu a esconder segredos de seus carros. Ninguém sabe o nome, faltando um mês p seu lançamento.
    Na minha opinião será um carro de qualidade superior ao Sandero, Onix e cia. Com Uno 1.0 saindo a partir de 42 mil, Palio 1.0 a 44 mil, esse carro com motor 1.0 não sairá por menos 49 mil.

  • marcelo monteiro

    Sempre os mesmos arrogantes criticando um carro que nem foi lançado oficialmente ao menos vejam o carro ao vivo e façam um teste drive! !

    • Carro de lançamento, projeto novo, só com um ano de mercado, o que eu vi de ajustes no Up! Pois era dá rede VW à época. O que é correto, mas são idas e vindas na autorizada, é campanhas nas revisões. Tudo em garantia e sem custos.

      Ainda tinha gente que abandonava as revisões… Depois querem falar dá marca.

    • radioactive

      Algumas coisas já dá pra ter certeza, mas o carro ser bom ou ruim, não é uma delas. Só haters pra dizer que o carro é uma porcaria a essa altura.

      Só podemos dizer que o X6H é um concorrente do HB20, o que implica preços mais ou menos entre 45 mil e 70 e poucos mil. Também sabemos que esse carro terá visual inspirado no irmão maior Tipo, vendido na Europa, mas que não tem nada a ver com ele em qualquer aspecto técnico, a começar pelo segmento diferente, e portanto o Autossegredos está forçando a barra em chamar isso de “Tipo abrasileirado”, pois se for assim, o HB20 é um i30 abrasileirado também, já que se parecem (obviamente, é uma afirmação absurda). De resto, aguardemos o lançamento.

  • Hater x Haters

    Fui numa feira onde a Fiat estava expondo e tentei arrancar informações sobre o x6h da vendedora.
    Nada! Ela não tinha qualquer informação porém parecia que ela estava escondendo alguma coisa.
    A Fiat anda escondendo muito bem seus lançamentos.

    • radioactive

      Isso é verdade, é raro um lançamento importante assim não vazar informações cruciais, faltando 1 mês ou menos para o lançamento.
      O (pouco) que nós sabemos até agora é:
      1- O X6H não tem nada em comum com o Tipo europeu, fora a provável inspiração no visual. Nem sequer do mesmo segmento os dois carros são (as imagens deixam claro que o X6H é bastante compacto por fora), portanto falar em “Tipo abrasileirado” é forçar totalmente a barra. É como falar que o HB20 seria um i30 abrasileirado só porque tem linguagem de design igual, o que é absurdo e beira a ignorância do assunto.
      2- O X6H usa base do Palio II, que é relativamente recente. E aparentemente houve extensas modificações. Algo comparável ao que a Dacia/Renault fez com o Sandero II em relação ao I.
      3- É um carro que virá para concorrer com HB20, Ka, Onix e afins, portanto deve custar uns 45 mil na versão de entrada e mais de 70 mil na de topo.

      Se o X6H é um bom carro ou não, só saberemos quando for lançado. Na minha opinião, pelo que eu li até agora e pela importância que o carro tem pra Fiat, creio que será melhor que qualquer Palio desde 1996. Sendo assim e tendo preços condizentes, deverá brigar pela liderança.

  • IPZ.4

    Torço pelo carro, não pela Fiat em si, mas pra movimentar a categoria. Mas esses motores mal chegando a 100cv com torque em alta passam uma sensação de motor fraco para o porte do carro.

    Mas sei lá, vamos ver após o lançamento.

    • Fagner Rafael.

      O carro será bem leve, com aços de ultra resistência e o firefly é bem esperto, então acredito que seja impressão por conta do bico do carro.

      • Soriani B.

        Será que você involuntariamente acabou de chutar o nome do carro, que reflete a filosofia de design seguida por Toro, Mobi e agora esse?

        Fiat Bico.

        • Fagner Rafael.

          Não, chuto que o nome poderá ser: Roma, Miki, Gama ou Belo

  • Lucas086

    Apesar de gostar muito do Punto e estar no 2 uno sporting, não vejo esse carro com bons olhos. Primeiramente, motor 1.3 com dualogic, depois ainda não se tem certeza sobre a plataforma desse carro, a lateral ficou meio genérica, sei lá, realmente não tenho boas esperanças de sair algo realmente que possa balançar o segmento.e olha que não precisa de muito para desbancar o Onix, digo isso por ter um onix at em casa.

    • NORDSK

      Difícil derrubar o Onix viu, o carro não é o melhor em nada mas também não é o pior. Mas a questão é outra. Tem um aspecto extra produto, que é razoável, não sei se é marketing, política de preços, grandes descontos, facilidade de financiamento ou se é tudo isso junto.

      • Luconces

        Fora isso tem o fator GM… Peças para o Onix são baratas.

        Inclua ai o motor jurássico que todo mundo sabe mexer.

      • Rafael Lima

        Descontos e facilidade de financiamento, estavam oferecendo o Onix LTZ com 3 mil de desconto, a GM pode dar esses descontos, não gastou quase nada com esse motor velho que ja se pagou ha muito tempo, mesmo com as melhorias, dificil é para as outras que tem que lucrar pelo gasto com desenvolvimento de motores novos

  • Bruno Luís

    Se esse carro ter o msm espaço interno de Sandero e Etios vai vender bem. Mais outro fator primordial o preço.

  • Fagner Rafael.

    Se a Fiat conseguiu emplacar o Mobi e a Toro acredito que será agressiva com esse carro…
    Só sei que se o painel que vazou for das versões 1.3 para cima já coloca o Onix na berlinda… Os outros detalhes acredito que serão percebidos só com o lançamento, assim como aconteceu com a Toro que demorou para ser lançada para que nada de errado.
    A FCA não está matando o Palio e o Punto a toa. Esse carro dividirá o pódio com ONIX e Sandero se o preço for na média.

    • Tango

      Emplacar o Mobi? Vende pouco mais que o fracasso do Up. Emplacar seria ao menos vender o dobro.

      • radioactive

        É um carro feio, apertado e sem porta-malas. Tendo isso em vista, vende bem sim.

        • marcos

          Hj tava dando uma olhada num Mobi parado na rua e é engraçado qual a vantagem de diminuir um Uno da porta dianteira pra trás. É estranho pois a linha de cintura dele vai subindo e o passageiro de trás fica encaixado lá dentro e sem espaço para as pernas pois o banco dianteiro quase encosta no traseiro. O up foi projetado pra ser um City car e nao pegou, nao por demérito dele, mas por lógicas de mercado e o Mobi uma adaptaçao do Uno pra mim desnecessária pois tem espaço pra motor e nenhum para passageiros.
          Lembro da propaganda do Fiat 147 na época “20% pra mecânica e 80% para os passageiros”, ele tinha só 2,27 de EE mas fazia magica lá dentro e tinha até porta malas e o Mobi não.
          Tivemos 3 ou 4 147 e esse termo City Car(o) nem existia, pois carro era pra tudo, não só pra cidade como querem esses engenheiros no projeto, mas claro, o mercado diz não!

          • radioactive

            Exatamente por isso eu acho o Mobi tão inadequado, pra não dizer infeliz. Pegaram uma base de carro maior e cortaram um pedaço, ficando um carro totalmente desproporcional e mal diagramado. Excesso de balanço dianteiro, capô longo e espaço interno ridículo. Pra quem já fabricou 147 e Uno com o espaço que tinham, é uma vergonha.

          • Luconces

            Mobi é vergonhoso!
            Foi o projeto mais triste da Fiat até agora!

            Ele naquela cor Roxa da Jac é de cair o c* da bunda! kkk

          • Thiago Maia

            Desnecessário, ainda.mais.em.um momento em que a Fiat.precisava de.outros produtos e a FCA como um todo está reorganizando, aos poucos, o portfólio de suas marcas

            O certo era não ter.mexido no Uno(apenas no motor) e ter permanecido com ele como carro de entrada.

        • Tango

          Vender bem é estar no top 5. Vender 2/3 centenas a mais que o fracasso do Up não é nada.

          • radioactive

            Isso na sua opinião né. Porque “vender bem” é totalmente relativo. Assim como “fracasso”. Se você me mostrar um único exemplo de subcompacto que foi Top 5 no Brasil, eu até te dou razão… Mas a verdade é que não tem. Ka antigo, Twingo, 106, QQ, Picanto, Up, Mobi, nenhum deles foi ou vai ser Top 5 no Brasil nunca, pelo simples fato de serem subcompactos.

          • Tango

            Uno foi e é um subcompacto. Claro que hoje com um mercado em retração e sem crédito essa é a categoria mais afetada. Mas se o Up é considerado um fracasso de vendas por muitos vendendo 3 mil carros o Mobi vendendo 3300 não poderia ser chamado de sucesso.

          • radioactive

            Ah sim, sob essa ótica de que o Up é um fracasso (que eu discordo), um Mobi vendendo 10% mais que ele, custando mais barato, realmente não pode ser considerado sucesso.

          • Tango

            A história do”fracasso” do Up é só para implicar com os mesmos que tentam tornar o Mobi um “sucesso” de vendas.

          • Milton-GT

            Mais um comentário incoerente. O Uno nunca foi sub-compacto, ele foi substituído pelo Palio e ele tinha mais espaço interno que Palio, Uno, Fiesta e Gol atuais. Perto do Mobi ele era um carro médio.

          • Tango

            Uno é médio? Kkkkkkkk

          • Tango

            O Uno (atual) foi o segundo mais vendido em 2013 e o quinto mais vendido em 2014.
            Falando do Uno Mille Suas medidas eram 3,69 comprimento, 2,37 entre-eixos, 1548 de largura. Agora veja as medidas do atual e do Up.

          • wagner

            Na época, os carros subcompactos eram ainda menores que o UNO de 1984. (claro na Europa, no Brasil não havia)
            O que ocorre é que os carros acabam ficando maiores em suas gerações posteriores.
            Basta ver as medidas dos carros médios em 1984 (Escort), compare agora com o Focus.

          • Tango

            A questão não é essa ele disse que o Uno era maior que Gol, Palioe Fiesta atuais e não era. Na Europa o Uno sai de linha para a entrada do Punto (1ª geração). Aqui ele​ continua por mais 20 anos. A questão é que hoje os consumidores da categoria estão sem dinheiro e sem crédito. Por isso a vendas caíram tanto. Em 2014 já sem o Mille o Uno vendeu 120 mil unidades, em 2015 80 mil.e em 2016 menos de 40 mil. Isso mostra como a categoria foi afetada.

          • Soriani B.

            Ter mais espaço interno é bem diferente de ter medidas maiores. O antigo Mille era mais espaçoso no banco traseiro que um Kadett, considerado médio na época. Cuidado para não acabar chamando a Kombi de ônibus.

          • Tango

            O Mille pelas características de desenho (quadrado) aproveita melhor o espaço. A mesma coisa do Ka com as laterais mais verticalizadas que o Fiesta, lembrando que o entre-eixos dos dois é igual. Mas isso não muda o carro de categoria. O Up tem entre-eixos de “novo” Palio mas isso não o torna um compacto. Categorias são por medidas (que variam ao longo do tempo), o Golf surgiu como compacto,mas tinha medidas menores que o Up. E o Uno que foi quinto em vendas com mais de 100 mil unidades em 2014 já era o novo sem relação alguma com o Uno original.

          • Milton-GT

            Outro comentário incoerente. Do segmento sub-compacto, o Mobi é o mais vendido.

        • Fagner Rafael.

          Mais ou menos isso, dependendo do angulo ele chega a ser menos feio que o UP

        • Milton-GT

          Exato, concordo, comentei o mesmo logo acima.

      • Fagner Rafael.

        Pouco menos, porém pela forma como ele veio ao mercado foi emplacado, afinal, não tinha a propaganda positiva em segurança que o UP teve e nem motor novo de cara. Isso é emplacar, sim! Se o cenário economico favorecesse o Mobi estaria vendendo bem mais que o UP! Tudo isso por conta do preço relativamente menor.

        • Tango

          Segurança e motor moderno não vende carro no Brasil. Senão o Onix não seria líder. Se um não emplacou o outro também não.

          • Milton-GT

            Como? seu comentário é meio incoerente, se o Mobi com a maioria tendo motor Fire vende mais que o Up! que tem até versão com motor turbo, não seria o mesmo caso do Onix? O Mobi vende relativamente pouco, mas ele tem motor antigo e é tem espaço interno sofrível. O Onix tem só motores ruins, mas no resto se sai bem. Assim considero que o Mobi, pelas suas deficiências vende muito bem. Veja que o Up! é um bom carro tendo como defeito maior o alto preço e o acabamento pobre.

          • rafael y3

            Mas na verdade GM focou mais em relaçao ao custo-benefício de produto e por isso se tornou o onix mais vendido do país.

    • Netovsk

      Questão de gosto, ao menos o painel de instrumentos do Onix acho muito correto. Eu não conseguiria engolir essa escolha da FIAT de colocar conta-giros do lado direito.

  • Cristiano Arruda

    O Gol/Polo da FIAT.

    • Tango

      Não, para isso precisaria ser um projeto mundial.

      • Raimundo A.

        Projeto mundial hoje em dia é subjetivo. Basta atuar em dois mercados, penso, grupos diferentes, e seria global. O sucessor do Punto é previsto no APAC onde tem o Punto aventureiro, Fiat Avventura, espécie de CrossFox. Logo, não será exclusivo da América Latina.

        • Tango

          Vendido em 2 mercados é regional como projetos para a LATAM ou Brics. Projeto mundial é bem mais abrangente. Não vamos tentar tapar o sol vom a peneira.

          • Raimundo A.

            Estou usando a lógica das montadoras. Te pergunto quantas mulheres de outros planetas participam do nosso miss universo?
            Nem tem e vendem a ideia de ser. Eu mesmo não participei da votação e tem mulher muito mais bonita que não quer se candidatar a concursos desse tipo.
            Logo, o que é global, regional, universal? O dicionário diz uma coisa e a prática vai pela conveniência.

          • Tango

            Global: Fiesta, Focus, Golf, Fit. Regional: Gol(Polo IV), Onix(Sonic), Palio(Punto 1ª geração). Não é tão difícil separar joio do trigo. Veja que nos regionais que coloquei todos tem a base até derivadas de bases mundiais, mas são simplificados em vários pontos. Os marqueteiros podem até tentar confundir como fizeram no caso de chamar crossovers de suv. Mas isso não resiste na maioria dos casos à um olhar mais atento. Isso não significa de cara que um projeto regional seja ruim, mas ele é simplificado e não podemos fugir disso.

          • Raimundo A.

            Você quer ensina a missa ao padre? Sei do que você relata e deixei claro sob a ótica do comentário que fiz acima. Tem fabricante que diz global porque vende em todos os continentes, mas tem outros que basta vender em vários países de continentes ou blocos diferentes sendo suficiente para chamar de global, mas a abrangência é menor. Esse menor para alguns é regional, mas outros não.
            É similar a ladainha do produto brasileiro em época de globalização. A empresa é 100% nacional? O projeto é 100% nacional. A depender do que estamos falando, ser nacional, brasileiro, é cumprir um percentual.
            Temos novamente a conveniência moldando o entendimento de palavras.

          • Soriani B.

            Melhor dizendo:

            – global: produto que pode ser vendido em países desenvolvidos
            – não-global: produto de terceira linha para países pobres

  • Eric Marques

    posso estar enganado, mais acho que alguém vai tentar reviver alguns estilos antigos de um novo jeito.. sei la..

    https://uploads.disquscdn.com/images/ee67cdd838defe28775345efc2e1336e0c7e1a37f3af23ebf792e017a43c571a.png

  • Ricardo Blume

    Se for para brigar com o Onix e o HB20, que venha preparado por que o trabalho não vai ser fácil.

  • Fiat, 1.0 aspiração natural é desnecessário, já tem no mobi e uno.

    E pra já motores turbos. Em versões top. Seria a tacada certeira. Pois a concorrência só tem Up e HB20.

    • Yan Oliveira

      UP TSi eu até vejo com muita frequência, mas HB20 Turbo é raridade ver. Pelo menos aqui na Bahia. Acho que a galera já pula pro 1.6.

  • G.Alonso

    Suas linhas vão aparecendo cada vez mais e mostrando sua identidade Fiat. O farol vai ter o mesmo “puxadinho” nas laterais que tem no Toro e Mobi, a camuflagem esconde uma parte, mas, deixa visível um pequeno LED que poderá ser diurno nas versões topo de linha. As rodas pintadas de preto do carro parecem da versão Sporting, já que percebe-se as caixas de roda com apliques plásticos e saias laterais. Acredito que será um carro de qualidade melhor que os atuais compactos da Fiat e do mercado em geral, perdendo, talvez, para o Polo que chegará logo depois. Os preços deverão ficar naquela base que venho comentando:

    Attractive 1.0 MT5- R$ 46.590,00
    Attractive 1.3 MT5 – R$ 50.990,00
    Attractive 1.3 GSR – R$ 55.990,00
    Essence 1.8 MT5 – R$ 58.590,00
    Essence 1.8 AT6 – R$ 64.990,00
    Sporting 1.8 MT5 – R$ 64.590,00
    Sporting 1.8 AT6 – R$ 69.990,00

    Mas, como em todo lançamento da FCA, no segundo mês de vendas os aumentos ocorrem, daí pode adicionar 2 mil nas versões mais caras e 500 reais nas mais baratas para não perder a competitividade. Mas, por outro lado, esses aumentos em carros de valor menores refletem nas vendas, pois é uma faixa de preço onde o povo está sempre buscando um desconto por menor que seja para levar um carro um pouco mais decente para casa. Vamos ver daqui uns meses como será a estratégia da Fiat e das outras marcas, esperem por aquele feirão com taxa zero da Chevrolet, pois quem sofrerá mais esse lançamento é o Onix.

    • Raimundo A.

      Caro, destaquei as imagens abaixo do vídeo sinalizando e não vejo LED no bloco principal, mas como há uma margem de erro, poderia ser uma uma assinatura em LED e não luz diurna.

      Compare a primeira foto com a segunda. Na primeira coloquei onde ficam e se vê luzes de seta, repetidor de seta, farol baixo e bloco do farol alto e posição. No para-choque, o farol de neblina.

      No bloco onde fica o farol alto e há ponto de luz com baixa intensidade que muda conforme o veículo se aproxima e muda de posição, para mim é luz de posição com o seu reflexo e não uma luz de LED ao ver a segunda foto.

      Na segunda foto, note que o ponto de luz está na parte superior do bloco do farol alto no veículo de trás, mas no primeiro veículo mais próximo da câmera, é possível ver o reflexo dele na parte inferior, que está na primeira foto também.

      Se for um luz de LED, seria a ponta dela num filete que tenderia a ser superior como é no Toro, mas com intensidade para assinatura visual e não luz diurna. Em todos os X6H do vídeo e há a versão esportiva, a intensidade da luz e cor são as mesmas. Se fosse para função diurna, o tom seria mais branco e forte. Coloquei em verde a posição como seria a assinatura em LED e não luz diurna.

      Outro detalhe é que se tivesse luz diurna, que não é obrigatória aqui, num projeto que visa o nosso mercado, por que todos os veículos estão com o farol baixo acesso? Poderiam ser um teste para as lâmpadas, mas a luz diurna, que precisa ser mais forte, dispensaria o farol baixo, e não vejo nenhuma outra luz além do farol baixo e neblina ligadas de intensidade similar a baixa.
      https://s17.postimg.org/vqx9spqen/Dianteira.jpg

      https://s16.postimg.org/km28w8jz9/Dianteira2.jpg

      Sobre a lanterna, tem quem afirme usar LEDs. Olha,talvez a depender da versão, use, mas tenho minhas dúvidas com a foto abaixo. Aparentemente, a lanterna do X6H usa o mesmo artifício da lanterna do Renegade, mas com lente tendo elementos em alguns pontos com superfície complexa. Destaquei dois pontos grandes na lanterna que são lâmpadas. Se fossem LEDs, penso que o número seria maior e o tamanho, menor. No Renegade, como as lâmpadas teriam um resistência menor, elas ao serem ligadas é quase ao mesmo tempo da terceira luz de freio. O vídeo que tirei a foto abaixo me traz essa impressão da terceira luz de freio acender um pouco mais rápido que as lanternas horizontais. A tonalidade da lente faz parecer ter LED, mas pode não ter.

      https://s17.postimg.org/6iuoj7367/Traseira.jpg

      • G.Alonso

        É verdade, deve ser uma luz de posição em LED. Essa foto mostra um flagra publicado no Carplace que tem também o LED.

        https://uploads.disquscdn.com/images/59d01e9f3fac9eeeed42d9a4ba90b066779414dfad701402e58fcad4e93b60c1.jpg

        Sobre a traseira, não acredito que tenha LED, e sim, como você disse, uma lanterna com superfície complexa.

      • Rafael Lima

        Mas todos os carros estavam com os faróis ligados e carros com DRL diminuem a intensidade do LED nessa condição, então não da pra saber se vai ser só assinatura como nas versões de entrada da Toro e DRL nas topo (que deveriam ser DRL pelo preço)

    • Rafael Lima

      Se essa Essence puder colocar 7AB e ter a partida sem chave do flagra do painel seria perfeita! 1.8 e AT6

  • M. Adrian

    Se você se refere ao vidro traseiro, isso é apenas camuflagem.

  • Raimundo A.

    E por falar em flagras da Fiat, segue um dos que relatei aqui. É um Toro AT9 Flex Freedom com teto solar panorâmico. A imagem não está boa, mas paciência. A placa é verde devendo ser um dos vários veículos de teste de durabilidade porque não está camuflado.

    https://s16.postimg.org/cchbpdkt1/Toro.jpg

    • Yan Oliveira

      Mas a Toro já tem o teto desde o lançamento…

      • Raimundo A.

        Eu citei a configuração do veículo. Não disse que havia algo diferente do que é ofertado. E como ele tem placas verdes e há outros na mesma situação, é um dos vários veículos de testes, provavelmente de durabilidade. O vi mais de uma vez com outros Toro e Compass.

  • Júlio Fonseca

    A Fiat está conseguindo esconder esse carro muito bem! Kk

  • Filipe Braga

    Continuo a insistir que é bizarro este motor 1.0 num carro deste porte. Sem contar na grande diferença de preço que existirá entre o 1.0 mais simples do 1.8 mais top. Grande diferença de preço para um mesmo veículo! Ou seja: lucro mais do que indecente para os modelos 1.8!

    • Raimundo A.

      O Sandero tem 1.0 e é maior. Tem consumidor que quer carro espaçoso, bom nível de equipamento e não se importa com desempenho lerdo. Como não é um veículo médio e o preço inicial não pode ser alto, a Fiat teria que apelar para o 1.0. Especulam o mesmo sobre o Polo usar 1.0 aspirado aqui.
      A diferença de preço ser grande entre o 1.0 e o 1.8, qual o problema? Pegue um A3 básico e compare com um RS3. Concordo que os intervalos de preço entre os motores podem ser maiores, mas isso também é normal.
      Eu acho que poderia ter quatro motores. Teríamos os manuais 1.0 e 1.3. Este último poderia ter o GSR. Em seguida, os 1.6 e 1.8 manuais e automáticos.

      • Luconces

        1.0,1.3, 1.6 e 1.8… Pra quê tudo isso de motor?

        Também acho que a Fiat deveria deixar apenas o 1.3 e o 1.8.
        Câmbio manual, GSR ou automático está ótimo.

        Lançar esse carro com calota, coluna B sem adesivação, maçanetas sem cor fora o que vão cortar de equipamentos é um tiro no pé.

        Pode até vender mas a Fiat jamais vai ter uma imagem de marca premium (ou mediana) dessa maneira. Ainda mais se ele for brigar com um Polo que já entra em outra categoria.

        • wagner

          Não haverá motor 1.6.

          • Luconces

            Sim, isso veio do comentário acima.

        • Raimundo A.

          Achou muito só quatro motores? Aqui é o Brasil, menor oferta e maior o buraco entre versões melhor.

        • Fernando Bento Chaves Santana

          Poderia ser apenas o 1.3 com cabeçotes de 8v ou 16v e versão turbo para o último

      • Yan Oliveira

        Pois é. Meu pai é desses, que tinha um Sandero 1.0 e amava o carro. O veio não passa de 80 mesmo. Eu que não troco meu Corsa 1.4 por um Sandero 1.0 nem a pau Juvenal.

    • radioactive

      Que porte? Basta ver o vídeo, é só mais um compacto como qualquer outro. Não se deixe levar pelo texto indecentemente tendencioso, esse carro não tem nada a ver com o Tipo europeu, que é um carro médio. Só pegaram dele a inspiração para o design do X6H. Fora isso, é apenas um compacto concorrente do HB20.

      • Filipe Braga

        Sei não viu. Me parece ter dimensões de Onix para cima viu. E mesmo em carros do porte de Onix e Sandero, acho bizarro veículo 1.0 com míseros 9, alguma coisa ou 10 quilos de torque.

    • Zigfrietz Tazogh

      Se existe Golf 1.0, Focus 1.0, Fusion 1.0, por que um carro popular compacto não pode ser 1.0 ?

      • Luconces

        Lógico que pode mas todos os que você citou são turbo.

        Esse X6H com 1.0 aspirado vai ser mais um Sanderão da vida.

        • marcos rissato

          Pelo amor de … acabou de sair em outro blog que o new Polo esta sendo testado com motor 1.0 aspirado. Questionaram se esse motor não seria para o Brasil visto que o portfólio da Europa estaria definido e lá tal motor nao é previsto. Aqui tal motorização se vier será comparável a micada EcoSport 1.0 que se alguém comprou ja mandou abrir os cilindros a muito tempo. Se a VW lançar esse carro e tendo os preços salgados que pratica merece tomar no c u e ter vendas pifias.

          • Luconces

            Prefiro esperar, não creio que a Vw faria uma besteira dessas…

      • Filipe Braga

        Porque estes que vc mencionou são turbinados, com muitos cavalos e ótimo torque em baixa rotação.

  • Luconces

    FIAT, favor não lançar esse carro com motor 1.0

    Aproveita a oportunidade para criar uma imagem e reconhecimento de marca para um produto mais premium!

    Lançar um carro desses com calotinha e coluna B sem adesivação vai ser triste.
    Pode vender mas com essa estratégia jamais vai ter um reconhecimento como marca premium.

    • wagner

      Eita!!! E qual é a marca premium neste segmento que o Fiat vai enfrentar?

      • Luconces

        A questão não é qual marca premium ela vai enfrentar e sim passar uma imagem mais premium.

        Logo menos vem Peugeot, Citroen, Hyundai ou mesmo VW com um produto mais refinado na mesma categoria e la fica a Fiat com um carro recem lançado com motor 1.0, peladinho, sem alguns itens, com calotas, coluna B sem adesivação…

        Mas nunca que vai mudar a imagem que tem. E é por isso que não consegue emplacar mesmo um médio.

        • Raimundo A.

          Então reze para o Polo, que é premium, não ter 1.0.

          • Luconces

            Se for 1.0 turbo não tem problema nenhum!

  • Andre Oliveira

    As versões mais completas, usarão o mesmo volante da toro, inclusive o painel será idêntico,
    agora, vamos ver se vão criticar da mesma forma que criticam a VW, que usa no fox, no up, um volante idêntico ao do golf .

    • Luconces

      Eu não vejo isso como um problema e não entendo quem reclama!

  • André Castro

    Ontem passou por mim 4 modelos x6h, aqui em Belo Horizonte e me decepcionou muito o tamanho do carro, o porte dele esta mais para o citroen c3 do que sandero, a roda traseira e bem no final do carro, encostando quase no para-choque traseiro, por isso que terá entre eixos na casa dos 2,50.

  • Raul Pereira

    Podem fazer o que for, pessalmente, não me adapto ao interior e dirigibilidade da Fiat e da Renaut, gosto pessoal mesmo.

    Só acho um erro colossal ainda insistirem nesse Dualogic, pra que continuar com essa tranqueira que só serve pra desvalorizar o carro? Pelo menos o 1.8 será automático de verdade, problema é que vai beber horrores.

  • André Castro

    Dizem que o nome será fiat STYLE.

  • Robison Adada

    Já começaram a reclamar de plataforma. Já deu ânsia de vomito e parei de ler. Brasileiro gosta de criticar tudo mesmo. É da cultura do povo. Boa tarde…

  • Pingback: Fiat Argo é o nome do hatch X6H - Autos Segredos()

  • Pingback: Fiat revela teaser Argo que será lançado neste mês()

  • Pingback: Pegamos o Fiat Argo 2018 de novo. Veja mais fotos()