Ação de vendas é válida para os três primeiros anos de uso do Fiat Argo

Para dar uma força nas vendas do Fiat Argo, a marca oferta três anos de revisões grátis para todos os clientes (pessoas física) que comprarem o hatch até o dia 12 de novembro. A ação de vendas é válida para notas fiscais emitidas entre 19/10 a 12/11.

Revisões

As revisões grátis são válidas para todas as versões do Fiat Argo. A marca esclarece que os serviços de revisão previstos e definidos para as três primeiras revisões contempladas pela promoção estão inclusos no contrato. A Fiat ainda ressalta que deverão ser observados os intervalos de prazo e quilometragem previstos no Plano de Manutenção Programada informados nos manuais de bordo do modelo.

Saiba mais

Confira nossas avaliações da versões 1.0 Drive e 1.8 HGT:

Teste Fiat Argo 1.0 Drive
Teste Fiat Argo 1.8 HGT

Versões

O Fiat Argo é comercializado nas versões 1.0 Drive, 1.3 Drive, 1.3 Drive GSR, 1.8 Precision, 1.8 Precision AT6, 1.8 HGT e 1.8 HGT AT6.

Motores e câmbios

As versões Drive podem ser equipadas com os motores 1.0 e 1.3 Firefly. O propulsor 1.0 rende potência de 72 cv a 6.000 rpm e torque de 10,4 kgfm a 3.250 rpm quando abastecido com gasolina e 77 cv a 6.250 rpm e torque 10,9 kgfm a 3.250 rpm com etanol no tanque. Com motor 1.0 o câmbio será sempre o manual de cinco velocidades.

Já o 1.3 Firefly tem potência de 101 cv 6.000 rpm e torque de 13,7 kgfm a 3.250 rpm rodando com gasolina e 109 cv a 6.250 rpm e torque de 14,2 kgfm a 3.500 rpm com etanol. No caso do propulsor 1.3 os câmbios serão o manual de cinco velocidades e automatizado GSR também de cinco posições.

As versões Precision e HGT são equipadas com o motor 1.8 E.torQ que rende potência de 135cv a 5.750 rpm e torque de 18,8 kgfm a 3.750 rpm com gasolina no tanque. Já com etanol a potência é de 139 cv a 5.750 rpm e torque de 19,3 kgfm a 3.750 rpm. Os câmbios podem ser o manual de cinco velocidades ou o automático de seis posições.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

(*) Texto alterado às 9h22 do dia 1/11 por conta de prorrogação na ação de vendas da Fiat.