Somente Citroën, Peugeot, Renault e a Fiat ofertam furgões compactos destinados ao trabalho de entregas. Fiorino é o único motor 1.4, Berlingo, Partner e kangoo tem motor 1.6
furgões compactos
Arte sobre fotos de divulgação

Com fim da Volkswagen Kombi em 2013, o mercado de modelos destinados a entregas ficou restrito aos furgões. Modelo com igual serventia ao velha senhora, não existe no mercado. Alguns fabricantes tentam abocanhar os clientes viúvos da Kombi com furgões. O Fiat Fiorino e o Renault Kangoo atuam no segmento há mais tempo. Já os Peugeot Partner e Citroën Berlingo retornaram ao mercado recentemente. Os preços ficam entre R$ 59.590 e R$ 64.990.

Do básico ao completo

Apesar dos preços partirem de quase R$ 60 mil, não espere muitos itens de conforto. O Fiat Fiorino com preço sugerido inicial de R$ 59.590 não oferta ar-condicionado e direção hidráulica como itens de série. O Renault Kangoo tem preço sugerido de R$ 59.550 segue a mesma cartilha e não oferta os itens de conforto como equipamentos compulsórios. Somente os franceses Citroën Berlingo e Peugeot Partner ofertam ar-condicionado e direção hidráulica como itens de série, porém, eles partem de salgados R$ 64.990. Confira abaixo qual deles é o melhor para o seu negócio:

Fiat Fiorino
Foto | Fiat/Divulgação

Fiat Fiorino – R$ 59.590 e R$ 67.290

Na versão de entrada, o Fiat Fiorino oferta somente o básico. Os principais itens são bancos dianteiros reclináveis, bolsa porta objetos nas portas dianteiras, console porta objetos no teto, ganchos para amarração de carga, entre outros itens.O modelo italiano perde para os concorrentes por não ofertar porta-lateral que facilita o acesso ao baú em centros urbanos.

Fiat Fiorino
Foto | Fiat/Divulgação
Opcionais

A versão de entrada conta somente com três itens opcionais: Rádio USB MP3/WMA com pré-disposição e antena (R$ 734), direção hidráulica, volante com regulagem de altura (R$ 2 mil) e desembaçador com ar quente (R$ 558).

Fiat Fiorino
Foto | Fiat/Divulgação
Versão Hard Working

Para os clientes que buscam itens básicos de conforto, o Fiat Fiorino tem a versão Hard Working que agrega ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos, travas elétricas, pré-disposição para rádio, entre outros itens. Porém, a marca cobra caro por isso e nessa versão o preço sugerido é de R$ 67.290.

Opcionais

Mesmo com preço próximos aos R$ 70 mil, a versão topo de linha da Fiorino não oferece rádio como item de série e obriga o cliente a desembolsar mais R$ 273. Já para ter para-choque na cor da carroceria, sensor de estacionamento traseiro e calotas, o interessado terá que desembolsar mais R$ 1.445.

Fiat Fiorino
Foto | Fiat/Divulgação
Capacidade carga

O Fiat Fiorino pode levar até 650 quilos de carga e tem capacidade volumétrica de 3.100 litros. O baú do Fiat Fiorino tem 1,88 metros de comprimento, 1,33 m de altura e 1,08 metros de largura.

Fiat Fiorino
Foto | Fiat/Divulgação
Motor

O Fiat Fiorino é equipado com o motor 1.4 EVO Flex que tem potência de 85 cv a 5.750 rpm (gasolina) e 88 cv a 5.750 rpm (etanol); e seu torque é de 12,4 kgfm a 3.500 rpm (gasolina) e 12,5 kgfm a 3.500 rpm (etanol).

Consumo

O Fiat Fiorino faz média 7,3 km/l rodando na cidade com etanol, na estrada o consumo é de 8,3 km/l. Abastecido com gasolina, a média na cidade é de 10,7 km/l e de 12,3 km/l em trajeto rodoviário.

Renault Kangoo
Foto | Renault/Divulgação

Renault Kangoo – R$ 59.550 e R$ 61.065

Assim como o Fiorino, o Renault Kangoo não oferta muitos itens de conforto de série. Ar-condicionado e direção hidráulica são vendidos como opcionais. O preço do furgão sem porta-lateral é de R$ 59.550 e com o acesso extra o preço sugerido é de R$ 61.065.

Renault Kangoo
Foto | Renault/Divulgação
Opcionais

A porta lateral é ofertada como opcional ao custo de R$ 1.515. Na versão sem porta lateral, o Renault Kangoo conta com dois pacotes de opcionais. O Pack Conforto agrega ar-condicionado e direção hidráulica por R$ 5.200. Já o Conforto acrescenta a direção hidráulica por R$ 2.420.

A versão com porta lateral conta com os dois pacotes de opcionais Pack Conforto e Conforto e também com Pack Visu que agrega ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos e abertura das portas pela chave por R$ 5.520.

Renault Kangoo
Foto | Renault Kangoo
Capacidade de carga

Em metros cúbicos, o Renault Kangoo tem capacidade para 2.800 litros. Já a capacidade de carga é de 800 kg. A altura do baú do Renault Kangoo é de 1,21 metros, a largura é de 1,96 m e 1,67 m de comprimento.

Renault Kangoo
Foto | Renault/Divulgação
Motor

O motor do Renault Kangoo rende potência de 95 cv a 5.000 rpm e torque de 15,1 kgfm a 3.750 rpm com gasolina no tanque. Com etanol, a potência é de 98,3 cv a 5.000 rpm e o torque é de 15,3 kgfm a 3.750 rpm. O câmbio é manual de cinco velocidades.

Renault Kangoo
Foto | Renault/Divulgação
Consumo

O Renault Kangoo fez média de 6,6 km/l rodando na cidade com etanol e 7,5 km/l em ciclo rodoviário. Já com gasolina no tanque, a média urbana é de 9,4 km/l e a rodoviária é de 10,7 km/l de acordo com aferição do Inmetro.

Citroën Berlingo
Foto | Citroën/Divulgação

Citroën Berlingo e Peugeot Partner (R$ 64.990)

Citroën Berlingo e Peugeot Partner são produzidos pela PSA na Argentina. Tirando a grade que diferencia cada marca, eles são o mesmo modelo e ofertam os mesmos itens de série e tem as mesmas características técnicas. O Citroën Berlingo tem preço sugerido de R$ 64.990, assim com o Peugeot Partner. Ambos ofertam os mesmo itens de série e vêm equipados com ar-condicionado, direção hidráulica, entre outros itens. Mas, o acionamento dos vidros são manuais. Outro ponto positivo do Berlingo e do Partner é a porta-lateral que facilita o transporte e retirada das cargas.

Peugeot Partner
Foto | Peugeot/Divulgação
Capacidade de carga

Os Citroën Berlingo e o Peugeot Partner tem capacidade para três mil litros de espaço útil e podem levar até 800 kg de carga. O baú mede 1,25 metros de altura, 1,16 metros de largura e 1,7 metros de comprimento.

Citroën Berlingo
Foto | Citroën/Divulgação
Motor

Os furgões da PSA são equipados com motor 1.6 FlexStart. O propulsor 1.6 16V rende potência de 115cv a 5.800 rpm e torque de 15,5 kgfm a 4.000 rpm com gasolina, com etanol a potência é de 122 cv a 5.800 rpm e o torque é 16,1 kgfm 4.000 rpm. O modelo pode ser equipado com câmbio manual de cinco velocidades.

Consumo

Os Citroën Berlingo e Peugeot Partner fazem média 6 km/l rodando na cidade com etanol e 6,7 km/l na estrada. Abastecido com gasolina, a média dos modelos na cidade é de 8,6 km/l e com 9,7 km/l em trajeto rodoviário.

Siga nossas redes sociais