Motor 2.0 TFSI com 256 cv e 35 kgfm de torque, transmissão manual de seis velocidades e tração integral quattro são algumas características do Audi A1 quattro, modelo que será produzido em tiragem limitada a 333 unidades. O melhor de tudo é que ele já é oferecido no Brasil, e chega já no segundo semestre. Serão duas unidades, por cerca de R$ 265 mil.

Para que toda do motor esteja bem distribuida entre os 3,98 metros de comprimento, 1,74 metro de largura e 1,41 metros de altura do A1, o compacto recebeu embreagem multi-disco controlada eletronicamente e hidraulicamente, com pacote de placas que giram em banho de óleo. Em condições normais a maior parte da tração é transmitida para as rodas dianteiras, mas quando a tração na frente diminui, este sistema transfere o torque linearmente ao eixo traseiro, e se a roda de um dos eixos escorregar, será travado pelo bloqueio eletrônico do diferencial.

O sistema de tração integral quattro ainda trabalha em conjunto com o sistema de vetorização de torque, que atua nas quatro rodas: se uma delas fica sem atrito quando o veículo está sendo dirigido no limite, o sistema desacelera um pouco aquela roda para evitar que ela derrape. Imagine como é fazer uma curva rápido com este foguetinho!Ele ainda possui suspensão mais firme do que no modelo de produção, sendo na dianteira uma construção McPherson e na traseira do tipo four-link independente. A direção assistida eletro-hidráulica é mais sensível e tem relação 14.8:1, mais direta. Com um conjunto que ainda composto por mais de 600 componentes modificados, o A1 quattro cumpre o 0 a 100 km/h em apenas 5,7 segundos e alcança a velocidade máxima de 245 km/h.

Equipamentos

O pequeno esportivo é equipado com rodas de liga-leve de 18 polegadas na cor Glacier White com design que lembra turbinas, calçadas com pneus 225/35. Os discos de freio ventilados na dianteira medem 312 milímetros de diâmetro e são agarrados por pinças negras. O programa eletrônico de estabilização ESP inclui modo esportivo e pode ser desligado completamente se o motorista desejar, mas o diferencial eletrônico mantém-se ativo. Na traseira os destaques são as janelas com vidros escuros, o aerofólio, as lanternas em LED e as saídas duplas de escape.No interior há bancos esportivos com costuras vermelhas, pedais são feitos de aço inox escovado e os acabamentos das soleira da porta ganharam também emblemas quattro. O painel de instrumentos tem ponteiros brancos, tacômetro vermelho e display colorido para o sistema de informação ao motorista. O volante multifuncional esportivo é achatado na parte inferior e recoberto em couro com costura vermelha. A manopla do câmbio é de alumínio. Se o ronco do motor não empolgar, basta ligar o sistema de som Bose com 14 alto-falantes e 465 watts de potência. O aparelho ainda possui sistema Bluetooth e permite conexão do carro à internet, com deireito a hotspot WLAN integrada para conectar dispositivos móveis.

Fotos | Audi/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter