RAV1A nova geração do RAV4 chega ao Brasil com uma função difícil: sair do elenco de figurantes e conquistar mais compradores no mercado nacional. A Toyota não esconde suas expectativas de emplacar uma média de 800 unidades por mês, número que não chega a ser elevado, mas que parece considerável para um modelo que é importado do Japão, que não tem acordo comercial com o Brasil. Para cumprir o objetivo, a novidade lança mão de uma nova linguagem de estilo, que em breve será visa em outros veículos da marca, como o futuro Corolla, além de preços mais em conta que os do antecessor. A tabela agora começa em R$ 96.900, enquanto o antecessor partia de R$ 108.500.

RAV2Uma das medidas para a obtenção do preço menor foi a disponibilização de novos motores. As duas versões mais em conta adotam um bloco 2.0 a gasolina, que se enquadra em uma faixa de menor tributação de IPI. Trata-se de um de quatro cilindros 16V aspirado dual VVT, capaz de render  145 cv de potência e 19,1 kgfm de torque, que trabalha em conjunto com câmbio CVT com opção de trocas sequenciais, no qual há simulação de sete marchas. A diferença mecânica entre as duas configurações está no tipo de tração: 4×2 na de entrada e 4×4 na intermediária.

Embora a Toyota estime que a maior parcela das vendas ficará com as duas versões de entrada , será oferecido um motor mais potente no RAV4 mais caro. Sob o capô da configuração top, pulsa um  2.5 de 179 cv e 23,8 kgfm, com arquitetura semelhante e também movido unicamente a gasolina, porém curiosamente acoplado a um sistema de câmbio automático convencional, com seis velocidades. Confira o preço e o conteúdo de toda a linha:

RAV3RAV4 2.0 4×2: A versão de entrada custa R$ 96.900 e oferece rodas de liga leve aro 17’, direção com assistência elétrica, ar-condicionado com regulagem manual, sistema de som com conexão Bluetooth, USB e entrada auxiliar, computador de bordo, sensores de estacionamento e luzes de neblina. Há apenas dois airbags frontais e os freios têm sistema ABS com EBD e BAS.

RAV4 2.0 4×4: Por R$ 109.900, a configuração intermediária adiciona alguns equipamentos a mais, além da tração integral permanente com bloqueio eletrônico acionável eletronicamente. O pacote de equipamentos inclui ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6’, câmera de ré, piloto automático, retrovisor interno eletrocrômico, bancos em couso sintético, sendo os dianteiros com aquecimento e o do motorista com comandos elétricos, partida sem chave e airbags laterais e de cortina.

RAV4 2.5 4×4. O preço do modelo top foi fixado em R$ 119.900. A maior diferença em relação ao restante da linha fica mesmo por conta do motor mais potente, pois em termos de equipamentos, há inclusão apenas de teto solar elétrico.

RAV5A paleta de cores é composta por cinco opções: branco, preto, prata, cinza e verde escuro.  A Toyota estima que 50% das vendas ficará com a versão 2.0 4×2. A metade restante será dividida em 2/3 pela 2.0 4×4 e apenas 1/3 pela 2.5 4×4. As vendas começam em junho.

Fotos | Malagrine Estúdio/Toyota/Divulgação