bugatti-chironO grupo Volkswagen, responsável pelo renascimento da Bugatti, sobre a batuta de Ferdinand Piech, se prepara para apresentar no Salão de Genebra, em março de 2016, o sucessor do Veyron. Mais potente e mais veloz, batizado de Chiron, vem para atropelar os supercarros da atualidade: Ferrari laferrari, McLaren P1 e Porsche 918.

Mantendo a arquitetura dos 16 cilindros em W, quádrupla bancada de quatro cilindros dispostos em dois vês, oito litros de deslocamento e, muito provavelmente, quatro turbos elétricos, a potência ficará na casa dos 1.500 cv, 153 kgf.m, que garantirão ao supercarro máxima na casa dos 450 km/h.

O preço é quase 900 mil euros acima do Veyron, fechando a conta em € 2,2 milhões. Este valor é referente ao modelo base. Adiante será oferecida uma carroceria roadster e uma gama de edições especiais, que devem levantar o preço de forma atordodante. Mesmo assim, os planos do grupo Volkswagen são de contruir 500 unidades do Chiron, 50 a mais que do Veyron.

Foto| DigitalTrends