renault_alaskanA Renault apresentou hoje (30/6) a picape média Alaskan. Inicialmente, o modelo será produzido na fábrica de Cuernavaca (México), e futuramente em Barcelona (Espanha) e em Córdoba (Argentina).  No Brasil, a Alaskan deve ser comercializada a partir de 2018 quando começar a produção argentina.

renault_alaskan_2Segundo a Renault, a Alaskan oferece um bom conforto de condução que é acentuado pela suspensão traseira de cinco braços de última geração e longarinas reforçadas, totalmente fechadas. O modelo é equipado com o motor dCi de 2.3 litros.

“Esta picape surpreendente chega para satisfazer as necessidades dos clientes pessoa física e jurídica em todo o mundo. Com a ALASKAN, mantemos a meta de fazer com que o segmento de Veículos Comerciais Leves da Renault evolua em seu status de principal player regional para principal player global”, diz Ashwani Gupta – Vice-Presidente Mundial de Veículos Comerciais Leves.

Visualmente, a Alaskan segue a nova identidade da Renault com a ampla grade cromada, no acabamento black piano e na moldura que se destaca entre a grade e o para-choque. As linhas angulosas do capô aumentam a robustez do modelo, assim como os para-lamas esculpidos.

De lado, as laterais esculpidas incluem arcos de roda proeminentes, para acomodar as rodas de liga com efeito diamante, de 16 ou 18 polegadas.

A Alaskan tem chassi com longarinas totalmente fechadas que permite todo tipo de uso, seja para um uso off-road, a lazer ou para o trabalho pesado. O chassi é feito com aço de alta resistência e tem tratamento anticorrossão. A distância em relação ao solo é 230mm.

Internamente, segundo a Renault a Alaskan oferece bom espaço para os passageiros que vão atrás. São 589 mm de espaço para os joelhos e o ângulo do tronco é de 23 graus. Os bancos dianteiros têm ajustes manuais ou elétricos (quatro, seis ou oito posições diferentes), dependendo da versão. Há ainda bancos dianteiros com aquecimento.

Já o ar-condicionado automático tem controle de temperatura tipo dual-zone e saídas de ar ajustáveis para os passageiros do banco traseiro.

renault_alaskan_3

A picape é equipada com motor Renault 2.3 dCi de quatro cilindros turbodiesel. O propulsor tem versões de 160 cv e 190 cv de potência. O propulsor tem a tecnologia twin-turbo: um turbo menor proporciona acelerações suaves em velocidades mais baixas, e um turbo maior aumenta a performance em rotações mais altas,

Dependendo do mercado a picape ainda conta com duas motorizações adicionais disponíveis: motor 2.5 l a gasolina (160 cv) e motor 2.5 l a diesel (160 cv e 190 cv).

Já os câmbios são o manual de seis velocidades ou o automático de sete velocidades, com tração em duas ou quatro rodas.

Fotos | Renault/Divulgação2