Conforme antecipamos na última segunda-feira, o Renault Logan 2012 não traz como única novidade o câmbio automático. Reestilizado em abril do ano passado o sedã recebeu novas alterações na traseira e também no interior.

Tal como o Sandero automático, o Renault Logan sem embreagem está disponível apenas na versão Expression, equipada com o motor 1.6 16V Hi-Flex que desenvolve até 112 cv com etanol no tanque. A caixa sequencial de quatro marchas também é a mesma, que possui 9 programações de funcionamento, que variam de acordo com a condução do motorista.

Ar-condiconado, direção hidráulica com regulagem de altura do volante, travas e vidros elétricos dianteiros, computador de bordo, faróis de neblina e rodas de aro 15 (pneus 185/65) são de série na versão que tem preço sugerido partindo de R$ 41.950. A versão manual, equipada com motor 1.6 8V Hi-Torque e com a mesma lista de equipamentos de série, é comercializada a partir de R$ 38.450.Em se tratando de todas as versões, agora, para a Renault, o Logan está  adequado a “nova identidade visual da marca” no que diz respeito a identificação do modelo. O nome foi para o centro da tampa do porta-malas, o motor ou o logotipo “Automatic” para a parte inferior direita e o “Renault” para a posição oposta, como no Grand Tour, Symbol, Sandero e Fluence. Isso poderia ter mudado no ano passado…No interior, houve mudanças no painel, onde passa a ser instalado um rádio maior e mais moderno do tipo double-din. Este equipamento – opcional – , além de rádio AM/FM e CD-Player, conta com processamento digital de som (DSP) e reproduz músicas nos formatos MP3, WMA e WMV. Os botões de acionamento do ar-condicionado também receberam modificações.

Fotos | Renault/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter